CENA 01 – APARTAMENTO DE MARK/JARED – SALA – INT – MANHÃ

Jared está sentado à mesa, tomando café da manhã.

Mark sai do seu quarto.

MARK (Coçando os olhos) – Você passou a noite em casa?

JARED – É. Meus planos foram meio malucos.

 

CENA 02 – FLASHBACK – ELEVADOR – INT – NOITE

Jared para de beijar Natalie.

NATALIE – Mas o que raios foi isso?

JARED – Um beijo.

NATALIE – Eu sei! O que há de errado com você?!

JARED – Eu só queria…

NATALIE – Você pegou o chiclete da minha boca!

 

CENA 03 – FLASHFOWARD – APARTAMENTO DE MARK/JARED – SALA – INT – MANHÃ

MARK – Entendo. O que tem para o café da manhã?

JARED – Sei lá, eu estou comendo um troço que encontrei na vasilha verde.

MARK – Você não jogou aquilo fora?

JARED – Por que eu jogaria?

MARK – Aquilo está lá desde que você se mudou.

Jared arregala os olhos e corre para o banheiro.

MARK – Imagina o estrago se eu falasse que era tofu…

 

CENA 04 – RESTAURANTE TRIBBIANNI – MESA 46 – INT – TARDE

Jared, Mark, Natalie e Tori estão sentados.

TORI – Você acha que eles vão demorar?

MARK – Eu ainda não entendo o motivo disso.

NATALIE – É. Não temos culpa que Jared vomitou o tofu daqui.

JARED – Aquilo era tofu?! Você mentiu para mim!

MARK – Obrigado por isso, Natalie.

JARED (Mimizando) – Eu não acredito que você fez isso comigo cara, depois de tudo o que nós passamos juntos você continua mentindo para mim e no momento que nós começamos a mentir uns para os outros o mundo desaba…

Derek e Kate aparecem.

JARED – Ei, vamos comer!

KATE – Oi? Eu achei que fossemos para o shopping ou sei lá.

DEREK – O que há de errado com esse lugar?

TORI – Por favor, o que NÃO há de errado com esse lugar. A comida é desajeitada, o serviço daqui é horrível e…

Derek e Kate olham para Tori com cara feia.

TORI – E vocês são ótimas pessoas! O natal está chegando e vocês vão amar os meus presentes.

NATALIE – Então se nós não vamos comer aqui, onde vamos?

 

CENA 05 – LANCHONETE WILLIAMSBURG – INT – TARDE

Natalie olha para o interior da lanchonete e sente repulsa de todo o mal cuidado do local, desde as manchas na parede até os ciclistas suados comendo.

NATALIE – Nem morta!

JARED – Eu acho que prefiro tofu.

TORI – Relaxem. Esse lugar é legal. Ali, uma mesa vazia.

Todos andam até a mesa e se sentam. Uma garçonete peituda, de cabelos pretos e altura mediana se aproxima deles.

GARÇONETE – Oi, eu sou a Max, serei sua garçonete esta noite. Normalmente a esta hora eu estaria em casa atirando balões de água nos caras gostosos do andar de baixo, mas como eu não tenho alma, virei garçonete

TORI – Atitude. Gostei.

MAX – Eu diria “obrigada”, mas eu não digo isso. O que eu posso trazer para vocês?

DEREK – Na verdade, nós não temos um menu em nossa mesa.

MAX – Ah, isso é porque eu não coloquei um aí. Estes são os especiais dessa noite: Temos frango xadrez, hambúrguer e alguns tipos de salada nojenta com tofu.

NATALIE – O que você nos recomenda?

MAX – Que nasçam de novo e criem juízo para não entrar nessa lanchonete.

JARED – Nossa, ela acabou com você.

MAX – Deixa eu ver as suas mãos.

Derek, Jared e Mark estendem as mãos para Max.

TORI – O que ela está fazendo?

KATE – Acho que quer descobrir o tamanho deles pelas mãos.

MAX – Na mosca. Se vocês são namoradas deles, Deus abençoe!

Os caras sorriem.

MAX – Já se decidiram?

TORI – Acho que todos nós vamos querer hambúrguer mesmo.

Todos concordam.

MAX – Certo, já está saindo.

 

Corta para/

Max se dirige até o balcão.

MAX – Oleg, põe seis hambúrgueres aí!

OLEG – Seis hambúrgueres saindo, mas Max, eu gostaria de oferecer o especial da casa. Salsicha com Almôndegas.

MAX – Obrigada Oleg, mas eu não estou tão no fundo do poço assim.

 

Corta para/

Uma mulher alta, peituda, loira e de roupas coloridas entra na lanchonete.

MULHER – Oi Max!

A mulher vai falar com Max.

JARED – Tori, aquela não é a peituda do seu catálogo de pornô?

TORI – Limpeza!

JARED – Se tem mulher peituda, então é pornô.

A mulher retorna e passa em frente à mesa dos seis.

TORI – Sophie Kuchenski não é uma atriz pornô.

SOPHIE – É aí que você se engana. No meu tempo, na Polônia, os diretores de cinema dormiam com as estrelas durante todo o processo de gravação. Eu era uma estrela e tanto.

Tori fica envergonhada.

TORI – Desculpe, é que eu sou uma fã sua.

SOPHIE – Ah, você é uma das minhas fãs lésbicas? Espera um pouco, acho que eu tenho uma foto minha em algum lugar da minha bolsa…

TORI – Não! Não precisa!

DEREK – Deixa a mulher procurar a foto!

SOPHIE – Não se preocupe amor, para você eu faço o show ao vivo.

TORI – Eu sou fã da sua empresa de limpeza, “A Escolha Limpa de Sophie”.

SOPHIE – Oh, você quer dar uma volta? Eu ia comer aqui, mas sempre que encontro uma fã eu levo-a para um restaurante no centro.

NATALIE – Isso acontece com frequência?

Sophie olha feio para Natalie.

SOPHIE – Não gostei dela.

SOPHIE (Apontando para Mark e Tori) – Vocês dois vem comigo.

SOPHIE (Apontando para Derek) – E você… Deixarei meu número com sua amiga. Eu estarei esperando… (Olha para as mãos de Derek) DEUS ABENÇOE!

Mark, Sophie e Tori saem da lanchonete.

 

ALGUNS MINUTOS DEPOIS

 

Max volta com os seis hambúrgueres em mãos.

MAX – Aqui estão os seus hambúrgueres.

Ela põe os hambúrgueres na mesa.

KATE – Obrigada.

MAX – É, tanto faz.

Max sai de cena.

NATALIE – Vão sobrar dois hambúrgueres.

JARED – Eu como!

DEREK – Você enlouqueceu? Olha para essas coisas! Seria melhor ter mandado um lagarto fazer isso que daria mais certo.

Alguém derruba um prato no chão e chama atenção de todos.

OLEG – Está chamando a minha comida de nojenta?

DEREK – Não, mas acho que isso é evidente.

Oleg se estressa e anda até a mesa deles.

JARED – Ai merda.

OLEG – Quer tornar isso interessante? Vamos apostar. Nós dois serviremos comida a noite inteira na lanchonete veremos quem se sairá melhor.

DEREK – E o que eu ganho com isso?

OLEG – Se você ganhar… Você e seus amigos podem comer aqui de graça e ainda ter um bando de cupcakes.

KATE – Parece algo legal.

DEREK – E se você ganhar, o que eu acho improvável, mas prossiga.

OLEG – Se eu ganhar… A loirinha vai num encontro comigo.

KATE – Quê? Isso é loucura.

DEREK – Fechado.

KATE (Indignada) – O QUÊ?!

OLEG – Muito bem, cai dentro!

 

CENA 06 – APARTAMENTO DE SOPHIE – SALA –  INT – TARDE

Sophie abre a porta do apartamento dela e os três entram.

SOPHIE – Me desculpem por aquilo. Não era a minha intenção.

MARK – Sem problema. Nós sabemos que não era a sua intenção derramar champagne nas minhas calças.

TORI – O que não prevíamos era você limpando com a mão.

SOPHIE – O quê? Mamãe precisa comer… Deve haver algo aqui que você possa vestir, eu volto em um minuto.

Sophie sai de cena, Mark e Tori observam o apartamento.

BARULHO – Alô?

TORI – O que foi isso?

MARK – O quê?

BARULHO – Alô?

TORI – Vai dizer que não ouviu isso?

MARK – Eu ouvi, tem alguém dizendo “Alô”. Não é nada demais.

TORI – Isso não é alguém dizendo alô. Isso é algum ser de outro planeta que veio para cá para dominar o mundo.

SOPHIE (gritando) – VÁ EMBORA NANCY!

NANCY – Alô?

Sophie retorna à sala com uma calça em mãos e a arremessa para Mark.

SOPHIE – Salvem as suas vidas! Ela voltou! Ela voltou por vingança!

TORI – Quem?!

NANCY – Alô? Alô?

Uma gata alaranjada aparece na janela do apartamento de Sophie. A gata olha para Sophie e silva para ela.

SOPHIE – Cai dentro ruivinha!

 

CENA 07 – LANCHONETE WILLIAMSBURG – COZINHA – INT – TARDE

Oleg e Derek cozinham tão rápido que todos os outros mal conseguem olhar direito.

NATALIE – Preciso sair daqui. Isso está me deixando nauseada.

JARED – Tem alguma saída por aqui?

OLEG (Sem prestar muita atenção) – Sim, à direita.

À esquerda deles está uma porta grande de metal, com uma maçaneta similar a uma alavanca. Jared a abre e entra com Natalie, exceto que a porta fecha e tranca os dois lá dentro.

Uma mulher loira, voz irritante, cabelos alisados e de salto alto, entra na cozinha e se direciona à Kate.

CAROLINE – Oi, Caroline Channing, acho que não fomos apresentadas.

KATE – Oi, Katherine Campbell. Seu pai roubou todo o dinheiro dos meus vizinhos.

Caroline fica constrangida.

CAROLINE – Me desculpe por isso…

KATE – Não se desculpe, eles tinham escravos. Não faz ideia da quantidade de latinos que correu solta e feliz aquele dia.

Caroline dá um sorriso no canto da boca.

CAROLINE – Você gosta de cupcakes?

KATE – Claro.

CAROLINE – Eu tenho uma loja, é logo à direita daqui. Posso te dar umas amostras se quiser.

KATE – Eu adoraria!

CAROLINE – Ótimo. Kate… O que raios está acontecendo aqui?

KATE – Uma briga por comida grátis ou por mim. Ainda não está claro.

As duas dão de ombros e seguem o caminho à direita nos fundos, indo para loja de cupcakes.

 

CENA 08 – LANCHONETE WILLIAMSBURG – FREEZER – INT – TARDE

JARED – Estamos presos.

NATALIE – Não diga!

JARED – Então, o que fazemos?

NATALIE – Primeiro de tudo… O que raios foi aquilo ontem?

JARED – Eu já disse, eu não pretendia roubar o seu chiclete.

NATALIE – Não, seu idiota! O beijo! Por que você fez aquilo?

JARED – Não tenho certeza. Eu acho que estou gostando de você, ou algo parecido.

Natalie segura as mãos de Jared.

NATALIE – Olha, você é um cara bastante legal… Pervertido, mas legal. Mesmo que eu estivesse interessada, eu não estou pronta para embarcar em um relacionamento agora, e dado que eu e Derek nos acertamos tem pouco tempo, parece que não é a hora certa. Não estou dizendo que seja algo impossível, mas por hora, não podemos ficar juntos.

JARED – Eu entendo. Tranquilo.

Os dois ficam em silêncio por alguns segundos.

NATALIE – Provavelmente eu deveria ter esperado até chegarmos em casa.

JARED – É, acho que sim.

 

CENA 09 – APARTAMENTO DE SOPHIE – SALA – INT – NOITE

Aos gritos, Sophie atira sua mobília pela casa enquanto Nancy, a gata, desvia e silva para ela todo o tempo.

SOPHIE – Eu já disse Nancy! Você não terá o meu perdão!

NANCY – Alô?

Mark e Tori, escondidos atrás da televisão, observam com medo.

TORI – Diante da situação, podemos focar no fato que a coisa mais estranha nesse cenário é ter uma gata falando “Alô?”.

MARK – Confirmado. Acho que está na hora de ir.

TORI – Concordo.

Mark e Tori saem de trás da televisão e andam até a porta do apartamento. Os móveis param de ser atirados.

SOPHIE – Ninguém sai.

Mark e Tori ficam parados.

SOPHIE – Nancy se escondeu. Fã, vou pegar seu brinde, é um desentupidor oficial da Escolha Limpa de Sophie! Já volto!

Tori fica animadíssima.

NANCY – Alô.

MARK – Tori, é a gata de novo.

TORI – Fique calmo, talvez ela não nos ataque.

Sophie retorna com um objeto grande em mãos, mas não é um desentupidor. Ela olha para Nancy e o arremessa para Tori.

SOPHIE – Vão, salvem as suas vidas!

Mark e Tori abrem a porta para sair, e Sophie corre para trancá-la. Tori percebe que está com um vibrador em mãos.

TORI – Sophie, você me deu um vibrador!

SOPHIE – Fique mesmo assim, você tem cara de quem precisa!

Sophie tranca a porta e volta a brigar com Nancy.

 

CENA 10 – CUPCAKES CASEIROS DA MAX – INT – NOITE

Oleg e Derek entram com duas caixas em mãos.

CAROLINE – O que é isso aí?

OLEG – Aqui está o nosso lucro da noite. Você vai contar.

KATE – Derek isso aqui é muito bom, nós temos que falar com o Sr. LeBlanc para revender no restaurante. Vocês fazem cupcakes à moda italiana?

CAROLINE – Se tiver pagando a gente, pode chamar os cupcakes de Syndeval. Oleg, me dá as caixas.

Oleg entrega as caixas para Caroline, e depois de alguns minutos, ela já tem o resultado.

CAROLINE – Parece que o Derek ganhou.

OLEG – Credo!

Oleg sai furioso.

KATE – Ainda bem que não vou ter um encontro com o Oleg. Caroline, você tem um cartão?

CAROLINE – Claro, me deixe pegar.

Caroline procura o cartão em sua bolsa e depois o entrega para Kate.

KATE – Obrigada.

CAROLINE – Voltem sempre que precisarem. Estamos ao seu dispor.

DEREK – Valeu. Kate, é melhor irmos embora, já está ficando tarde e Williamsburg é um bairro perigoso.

KATE – Tem razão. Tchau Caroline, foi um prazer conhece-la.

Derek e Kate saem de cena.

 

CENA 11 – APARTAMENTO DE TORI/KATE – SALA – INT – NOITE

Kate e Derek entram.

KATE – Ganhamos cupcakes de graça!

MARK – Obrigado senhor!

TORI – Povo gordo.

Todos se juntam à mesa para pegar um cupcake cada.

TORI – Sobraram dois.

MARK – Ué, Natalie e Jared não vieram com vocês?

Derek e Kate arregalam os olhos.

 

CENA 12 – LANCHONETE WILLIAMSBURG – FREEZER – INT – NOITE

Natalie e Jared batem na porta.

JARED – Socorro!

NATALIE – Alguém em nome do peixe podre que tem aqui dentro, nos liberte!

JARED – Ajuda!

Não há resposta.

NATALIE – Sai da frente, vou explodir esse troço.

Natalie tira uma bombinha do bolso e a planta na porta.

JARED – Você estava carregando uma bomba de São João no bolso?

NATALIE – Melhor tradição brasileira que existe. Você pode pagar de terrorista e não vai preso. Bom, só precisa saber mediar.

JARED – Qual a potência disso aí?

NATALIE – Forte o suficiente para abrir a porta. Não tão forte que nos mate.

JARED – Derruba isso.

Natalie acende a bomba com um isqueiro e, em questão de segundos, a explosão abre a porta.

 

CENA 13 – LACHONETE WILLIAMSBURG – COZINHA – INT – NOITE

Jared e Natalie emergem da fumaça gigantesca que a bomba criou.

JARED – Finalmente seguros.

NATALIE – Graças a Deus.

Os dois olham para o balcão em frente e veem uma gata.

JARED – Olá.

NANCY – Alô.

Jared e Natalie arregalam os olhos. Nancy silva para os dois.

NATALIE – Jared.

JARED – Quê?

NATALIE – Corre!

Natalie e Jared saem correndo da lanchonete.

 

FADE OUT.

 

EPISÓDIO 2×08: OH, WILLIAMSBURG!

CÓDIGO DE PRODUÇÃO: WH097

ELENCO PRINCIPAL: 

YVONNE STRAHOVSKI COMO KATHERINE “KATE”

RACHEL BILSON COMO VICTORIA “TORI”

ZACHARY LEVI COMO MARK

JOSEPH MORGAN COMO JARED

WILSON BETHEL COMO DEREK

CANDICE ACCOLA COMO NATALIE

ELENCO CONVIDADO:

KAT DENNINGS COMO MAX BLACK

JENNIFFER COLIDGE COMO SOPHIE KUCHENSKI

JONATHAN KITE COMO VANKO OLEG

BETH BEHRS COMO CAROLINE CHANNING

ESCRITO POR:

WALTER HUGO

SUPERVISÃO:

FÉLIX CRÍTICA

UNBROKEN PRODUCTIONS

MOONLIGHT PICTURES

 

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.