“Se parte da sua vida estiver em sono profundo, deixe-a como está, pois mexer em algo quieto se torna perigoso e avassalador”.

 

 

CENA 01 – INT – RISING SUN – FLORESTA/ESCONDERIJO – NOITE

 

Jack segura a cabeça de Ava e os outros tentam acordá-la, mas a garota continua imóvel e inconsciente.

 

DAVID[Olhando os amigos] Agora estou ficando preocupado.

GINA – E se ela morreu?

LINDSAY – Cala a boca, Gina.

GINA – Não, eu sou a única que vejo os dois lados.

LINDSAY[Nervosa] Não! Você ver apenas o lado ruim.

JACK – Parem!

 

Jack coloca a cabeça de Ava em seu colo e todos se olham. A garota abre os olhos e acorda procurando oxigênio.

 

DAVID[Comemorando] Graças a Deus!

AVA[Ofegante] O que houve?

DAVID – Você desmaiou depois que nós… Fizemos o feitiço. Está tudo bem?

AVA[Tocando a cabeça] Eu só… Estou com muita dor de cabeça.

JACK[Encarando-a] Fiquei tão preocupado que pensei que você não tivesse resistido.

AVA[Sorrindo] Estou bem, eu acho. Obrigada!

 

Ele á ajuda a levantar e Gina fica bastante curiosa.

 

GINA – Então, o que você sente?

AVA – Sinto-me normal.

GINA[Se posicionando] Vamos ver…

 

Gina rir e movimenta á mão contra Ava que é jogada sobre á mesa.

 

AVA[Incomodada] Isso de novo não.

DAVID[Preocupado] Para Gina, isso é perigoso.

GINA – Não! Temos que testá-la.

 

Gina volta o olhar para Ava e conjura.

 

GINAQue do ar, forme o fogo”.

 

Ao redor deles algumas labaredas de chamas se formam. O fogo é alto e bastante, ela olha para os outros e eles apenas observam.

 

GINA – Vamos Ava. Revele-se!

 

Ava tenta levantar, mas Gina a lança de volta ao chão.

 

AVA[Gritando] Eu disse para nunca mais fazer isso!

GINA[Debochando] Eu não te ouvi.

 

Ava levanta e olha bastante séria para Gina. Ela cerra os punhos.

 

AVA[Encarando-a] Nunca mais me toque!

GINA[Sorrindo] Ainda não te ouvi.

AVA – Você sabe como irritar alguém, Gina.

 

Ava olha para o fogo e ele se desfaz, ela levanta. Todos se olham surpresos. Ava olha para Gina e ela é lançada contra á parede.

 

AVA[Furiosa] Acho que posso fazer igual, Gina. Ou quem sabe pior!

 

Gina flutua e é presa contra a parede. Todo o esconderijo começa a tremer, os móveis parecem ser arrastados e os outros se seguram.

 

JACK[Gritando] Ava chega!

AVA – Não! Ela provocou.

DAVID – Ava?!

 

[ABERTURA]

 

 

CENA 02 – INT – RISING SUN – RESIDÊNCIA BROOKS – SALA – NOITE

 

Alguém bate á porta desesperadamente e Molly abre sem perguntar quem é. Dorothea á encara e entra atordoada.

 

MOLLY – Algum problema?

DOROTHEA[Nervosa] Onde está Ava Brooks?

MOLLY – Saiu com alguns amigos.

DOROTHEA – O poder dela foi libertado. A magia da sua sobrinha está ativa.

MOLLY[Confusa] Não. Como ela…?

 

Charlie se aproxima e Molly olha para ele.

CHARLIE – O que houve?

DOROTHEA – A Ava libertou a magia.

CHARLIE – Como sabe?

DOROTHEA – Porque eu a bloqueei. Também lancei um feitiço de marcação, para quando ela estivesse pronta para libertar eu a parasse.

CHARLIE – E você sentiu?

DOROTHEA – Vocês não imaginam o erro que aquela garota cometeu.

MOLLY – Fique calma, pode bloqueá-la novamente?

DOROTHEA – Não sozinha.

MOLLY – Então reúna os anciões.

DOROTHEA – Alguns não quiseram ficar em Rising Sun.

CHARLIE – Procure-os.

MOLLY[Tensa] Pode encontrá-los?

DOROTHEA – Tentarei, mas não confirmo nada. Farei o possível!

 

A anciã sai e Molly e Charlie se encaram.

 

 

CENA 03 – INT – RISING SUN – FLORESTA/ESCONDERIJO – NOITE

 

Jack entra á frente de Ava e ela o encara. Ele a olha bem sério e ela solta Gina, que cai tentando respirar. Ava se acalma e tudo volta ao normal.

 

GINA[Amedrontada] Ela… Ia me matar!

LINDSAY – Tudo bem?

GINA[Aliviada] Agora sim.

DAVID[Encantado] Minha nossa! Que poder.

GINA – Essa garota é um monstro.

AVA[Tensa] Desculpa. Eu não…

 

Ava olha em volta e ver todos a encararem. Ela corre e sai do esconderijo e Jack vai atrás dela.

 

GINA[Tocando o pescoço] Acho que nós erramos em ativar a magia dela.

DAVID – Não erramos não.

LINDSAY – Você está cego David? Ela quase matou a Gina.

DAVID – A Gina provocou e se querem manter suas vidas intactas, asseguro ficar bem longe de Ava Brooks, ela ainda não controla seu poder.

 

David as encara.

 

 

CENA 04 – EXT – RISING SUN – FLORESTA – NOITE

 

Ava corre chorando bastante pela floresta, quando Jack a alcança e segura em seu braço.

 

JACK[Ofegante] Ava?!

AVA – Vou embora, me larga.

JACK – Não vai não.

AVA[Gritando] Eu quase matei a Gina, foi um erro libertar esse poder… Eu… Não…

JACK – Você é extraordinária e vai controlar sua magia. É só dar tempo ao tempo.

AVA – Você acredita nisso? Você não sabe o que passou em minha cabeça na hora que eu a prendi contra a parede, tudo o que eu ouvia era… Mate-a! Continue… Não pare! Sou um monstro, Jack.

JACK[Acalmando-a] Ava, você não é um monstro. É apenas alguém com um poder incrível nas veias.

AVA – Deixe-me ir.

 

Jack a segura com força e olha no fundo dos olhos dela.

 

JACK[Encarando-a] Você é ótima e não um monstro. Acredite em si mesma e vai ver que o que digo é verdade. Busque o seu melhor em toda sua bondade.

AVA[Sorrindo] Você é tão… Incrível! Diz tudo certo, na hora certa.

JACK – Estar melhor?

 

Ava o abraça e ele retribui.

 

AVA[Olhando o celular] Obrigada! Mas eu realmente preciso ir.

JACK – Não. Venha comigo, precisamos nos conectar.

AVA[Contestando] Mas…

JACK – Por favor?!

AVA – Tudo bem. Vamos!

 

 

CENA 05 – INT – RISING SUN – RESIDÊNCIA BROOKS – SALA – NOITE

 

Molly anda de um lado á outro e Charlie a observa.

 

CHARLIE[Impaciente] Fará um buraco no chão.

MOLLY – Eu só…

 

Alguém bate na porta e Molly abre-a. Leonor entra acompanhada de Christian.

 

MOLLY[Nervosa] Demorou.

LEONOR – Estava ocupada.

CHARLIE – Com o Chris?

CHRISTIAN – Cala essa sua…

MOLLY[Gritando] Não é hora para brigas!

CHRISTIAN – Tudo bem. Desculpa!

LEONOR – Qual urgência me trouxe aqui novamente?

MOLLY – Dorothea esteve aqui e disse que o poder da Ava foi libertado.

LEONOR[Surpresa] Não pode ser!

CHARLIE – A garota está com a magia ativa.

CHRISTIAN – Mas isso não pode acontecer.

CHARLIE – Sabemos. Só que agora aconteceu.

 

Leonor fica preocupada e Molly a encara.

 

MOLLY[Chorando] Precisamos achar um jeito de salvar a Ava disso. A Dorothea comentou que quando a magia fosse ativa, bruxos e caçadores chegariam à cidade atrás da Ava e estou com medo de matarem minha sobrinha.

LEONOR – Até eu devo admitir o meu medo. Sua sobrinha sendo o equilíbrio, os caçadores não devem pegá-la e nenhum bruxo das trevas. Ela está ao meio de um massacre dos grandes.

CHARLIE[Olhando todos] E o que faremos?

 

 

CENA 06 – INT – RISING SUN – FLORESTA/ESCONDERIJO – NOITE

 

Ava e Jack entram e os outros a olham. David sorrir observando Ava e Gina e Lindsay a encaram com receio.

 

JACK – Tudo bem por aqui?

GINA[Irritada] Você ia me matar, cretina.

AVA – Não. Eu só… Desculpe! Não queria…

LINDSAY[Alterada] Vamos fazer o que temos que fazer e chega!

DAVID[Olhando o Grimório] Tudo bem. Preciso do sangue de vocês.

 

David pega a mesma faca que furou Ava e direciona para os outros. Ele fura a mão de Jack, depois Lindsay, Gina, Ava e por último á sua.

 

DAVID[Explicando o feitiço] Bom… A conexão será feita, então… Tecnicamente nossos poderes poderão sofrer efeitos. A ligação será dos poderes e dos sentimentos. Tudo que acontecer á um bruxo, os outros poderão sentir. Entendido?

GINA[Zombando] Sim professor.

DAVID – Vamos começar.

 

David mistura todos os sangues em um recipiente e encara os amigos.

 

DAVID – Sigam-me!

 

Todos vão atrás dele que sai do esconderijo.

 

 

EXT – RISING SUN – FLORESTA – NOITE

 

Ele fixa seu olhar em um ponto ao chão e chamas surgem fazendo o fogo consumir grande parte ao centro deles. Os outros ficam ao lado e formam um círculo com a fogueira ao meio.

 

DAVID – Unam às mãos sobre a chama.

 

Os quatros colocam as mãos uma sobre á outra e David faz o mesmo. Com a outra mão, ele derrama o sangue sobre as mãos unidas.

 

DAVID – Repitam… (EODEM PERTINET QUOD SUMUS ELEMENTUM).

TODOS[Se olhando] (EODEM PERTINET QUOD SUMUS ELEMENTUM).

 

A chama aumenta até as mãos de ambos. Eles tentam puxar as mãos, mas são impedidos. O fogo aumenta mais e ultrapassa á mão de cada um.

 

GINA – Faça isso parar.

DAVID – Ah… Temos que prosseguir.

JACK[Nervoso] David?

DAVID – Só mais um pouco. Aguentem!

 

O fogo se apaga rapidamente e eles puxam as mãos. As queimaduras começam a se curar e todos se olham.

 

GINA[Confusa] Estamos ligados?

DAVID – Sim. Estamos, olhem as palmas de suas mãos.

 

Todos olham e uma marca se revela. Um símbolo de um círculo com cinco linhas escuras interligadas.

 

JACK[Alegre] Incrível.

GINA – As linhas significam… Todos nós?

DAVID – Acho que sim.

AVA – Inacreditável. [Olhando á hora] Eu… Preciso ir agora.

JACK – Vou com você.

AVA – Mas… Você está de carro também.

JACK – Vou seguindo você. Preciso ter certeza que estará bem.

AVA[Sorrindo] Tudo bem.

 

Ava e Jack vão embora e Lindsay observa-os.

 

 

[Alguns Minutos depois…].

 

 

CENA 07 – EXT – RISING SUN – RESIDÊNCIA BROOKS – NOITE

 

Jack ajuda Ava sair do carro e vai com ela até a varanda.

 

AVA[Olhando –o] Obrigada por vir comigo até em casa. Mas… Não precisava.

JACK – Tudo bem. Foi um prazer.

 

Ava tenta beijá-lo na bochecha, mas Jack a segura firme e a beija na boca. Ela retribui o beijo e o tempo parece parar. O vento fica mais forte e as nuvens começam á se formar.

 

AVA[Se afastando] Eu… É…

JACK[Nervoso] Desculpa! Eu não devia ter feito isso.

AVA[Sorrindo] Tudo bem! Eu… Gostei.

JACK – Sério?

AVA – Sim, vamos deixar isso só entre nós. [Ela vai até á porta] Boa noite, Jack. Até amanhã!

JACK – Boa noite, Ava.

 

Ela abre a porta e ver Molly e os outros a olharem. Todos ficam encarando-a e Ava fala timidamente.

 

AVA – Oi.

MOLLY – Ava, quê demora pra chegar, hein.

AVA – Tia, eu só… [Olhando os outros] Quem são eles?

MOLLY – Esses são…

JACK[Se aproximando novamente] Leonor e Christian! O que fazem aqui?

 

Jack os vê da porta e entra.

 

AVA[Olhando para Jack] Os conhece?

JACK – Sim. Eles são o tio do David e a mãe da Lindsay.

AVA – Hum…

LEONOR – Somos amigos da Molly e do Charlie e viemos visitá-los.

CHRISTIAN – É Jackson. Eu e a Molly… Estudávamos juntos quando crianças.

LEONOR – E eu, Ava. Era a melhor amiga da sua mãe.

AVA[Surpresa] Era?

LEONOR – Sim. Quase irmãs.

MOLLY[Disfarçando] É… Foi um prazer revê-los pessoal, mas é tarde e amanhã tenho algumas coisas á fazer.

LEONOR – É claro. Boa noite!

CHRISTIAN – Também vou indo.

 

Christian abraça Molly e encara Charlie. Ele sai e Leonor se despede indo embora também.

 

JACK – Também vou indo. Boa noite á todos. Tchau Ava.

AVA[Fechando á porta] Tchau Jack.

 

Ele sai e Ava olha para a tia.

 

AVA – Tudo bem?

MOLLY – Perfeitamente.

CHARLIE – Durma bem, Ava.

 

A garota sobe á escada e Molly e Charlie se olham.

 

 

CENA 08 – EXT – RISING SUN – SEDE DOS ANCIÕES – ENTRADA – NOITE

 

Dorothea desce do carro e uma senhora com aparência de 50 anos e um homem um pouco mais novo se aproximam.

 

DOROTHEA – É bom vê-los, Meredith e Ian.

MEREDITH[Abraçando-a] Porque nos chamou Dorothea?

IAN – Parecia nervosa ao celular.

DOROTHEA – Precisamos chamar os outros anciões. Ava Brooks libertou a magia e não vou conseguir contê-la sozinha. Precisamos ficar unidos e também, temos mais um problema.

IAN – Mais um problema?

 

Dorothea pega uma folha preta e mostra o símbolo branco desenhado nela.

 

MEREDITH[Olhando o papel] Não pode ser!

IAN – Corremos perigo.

DOROTHEA – Sinto dizer meus amigos, mas os caçadores de bruxas estão na cidade.

 

Os três se encaram.

 

 

[A Noite se passa…].

 

 

CENA 09 – INT – RISING SUN – RESIDÊNCIA BROOKS – SALA – MANHÃ

 

Ava desce á escada correndo e acaba tropeçando, ela esbarra em um dos vasos da sua tia e ele vira, ela o olha rapidamente e o faz flutuar.

 

AVA[Surpresa] Meu Deus!

 

Ela leva o vaso até a mesinha em que ele estava e fica impressionada. Molly aparece enxugando as mãos.

 

MOLLY – Algum problema, Ava?

AVA[Disfarçando] Não! Nenhum.

MOLLY – Ótimo! Sua amiga Elena está no jardim… Ela chegou faz tempo e disse para quando você acordar ir lá.

AVA[Estranhando] A Elena?

MOLLY – Ela não estava bem.

AVA – Vou ver o que ela tem.

 

Ava corre passando por Charlie que a observa, ela vai até o jardim e ver Elena sentada ao balanço feito de madeira.

 

AVA – Oi amiga.

ELENA – Oi.

AVA – Não está tendo um bom dia?

ELENA – Não. Não consegui dormir.

AVA – Por que Elena?

 

Elena está com um olhar aterrorizador ela encara Ava.

 

ELENA[Cabisbaixa] Eu tinha tomado banho quando tudo começou. Foi logo após o jantar, senti minha cabeça fervilhar e meus olhos arderem.

AVA – O que estava acontecendo?

ELENA – As imagens começaram a aparecer de repente. Armas… Sangue… Várias pessoas com roupas pretas. Tinha fogo e algumas pessoas queimavam nela.

AVA[Tensa] Elena, isso está estranho. Viu essas imagens de repente?

ELENA – Sim. Lembro-me da mamãe conversar com a minha avó quando criança sobre as coisas que eu via, mas depois de um tempo, as imagens tinham ido embora, como se fossem bloqueadas.

 

Ava engole em seco e fica olhando o rosto da amiga.

 

AVA – Como as imagens se passavam?

ELENA – Lembrava um filme. Era rápido e um pouco aterrorizadoras.

AVA[Preocupada] Elena, você está me preocupando.

ELENA – Se quer mesmo saber… Pareciam visões. Premonições as quais eu não sei explicar.

AVA[Surpresa] Premonições? Você prever o futuro?

ELENA – Não sei. Mas… As coisas que vi, não eram exatamente normais.

 

 

CENA 10 – INT – RISING SUN – SEDE DOS ANCIÕES – SALÃO – MANHÃ

 

Dorothea olha algumas marcas de caçadores e Ian e Meredith chama os outros anciões.

 

DOROTHEA – Conseguiram contatos com os outros?

MEREDITH – Não ainda. O Ian já ligou para o Clovis, mas ele não atende.

 

Alguém bate na porta e Ian abre.

 

IAN[Sorrindo] Impossível!

CLOVIS – Eu sei, continuo lindo e bastante jovem.

MEREDITH – E convencido como sempre.

DOROTHEA – Como adivinhou?

CLOVIS – Conheço quando precisam de mim e vim por que…

 

Ele mexe em sua mala e puxa o mesmo papel com o símbolo mostrado por Dorothea.

 

CLOVIS[Segurando o papel] Recebi esse aviso. Os caçadores estão marcando os lugares.

IAN[Olhando os amigos] Significa que precisamos reunir os bruxos.

MEREDITH – Todos os bruxos de Rising Sun?

IAN – Exatamente.

DOROTHEA – Não. Isso seria perigoso, os humanos podem acabar descobrindo sobre nós.

MEREDITH – Essa lei sobre os humanos desconhecerem nossa existência é ridícula. Uma hora eles terão que descobrir.

DOROTHEA – Uma hora distante, pois agora não.

CLOVIS – Já convocou á Louise?

DOROTHEA – Não conseguimos contato com ela, faz quase cinco anos que ela se foi e não deu notícias.

CLOVIS – Precisamos encontrá-la, os anciões precisam ficar unidos. A batalha será longa e cansativa.

 

Os quatros se olham receosos.

 

 

CENA 11 – INT – RISING SUN – RESIDÊNCIA SILVÉRIO – SALA – MANHÃ

 

Jack entrega um copo de suco a Ava e ela bebe o primeiro gole. Ele a encara.

 

JACK – Parece nervosa.

AVA[Bebendo o suco] E estou.

JACK – Por quê?

AVA – A Elena veio com uns papos de que teve visões. Algumas premonições e deixou-me bastante atordoada.

JACK[Surpreso] Visões? Tipo… O que acontecerá no futuro e tal?

AVA – Isso mesmo. E ela disse que tudo aconteceu logo após o jantar… Então eu pensei…

JACK[Curioso] Se o bloqueio da sua magia pode ter algo relacionado a ela?

AVA – Isso! Exatamente.

JACK – Olhando por esse lado… Pode ter sim alguma ligação.

AVA – Como assim?

JACK – Antigamente, alguns bruxos escravizavam Alguns Médiuns para que enxergassem o mal antes que eles chegassem. Era um modo de defesa contra o que poderia vir á acontecer.

AVA[Coloca o copo sobre a mesinha] Acha que a Elena pode ser mesmo uma Médium e que foi introduzida em minha vida para que pudesse ver o mal?

JACK – Sim. Mas o problema é…

AVA[Tensa] Problema?

JACK[Continuando] O problema é que… Se ela foi colocada junto á você para ver o mal, porque o dom dela também foi bloqueado?

 

Ava respira forte e o encara bastante apreensiva.

 

 

CENA 12 – EXT – RISING SUN – LANCHONETE – MESA 04 – QUASE TARDE

 

Gina e Lindsay entram e vão até a mesa e observam David servindo no balcão.

 

GINA[Encarando-o] O David… Ele é tão…

LINDSAY – Gato?

GINA – Você consegue ver mesmo, não é?

LINDSAY – Quem não consegue? Todos sabem que vocês já se pegaram.

GINA – Foi uma boa época. Logo quando nos conhecemos e iniciamos a Liga.

LINDSAY – Pois é. Pelo menos você tem alguém que ainda pode sentir algo por você.

GINA[Olhando para a amiga] Entendi… Relaxa, o Jack algum dia vai te ver de outra…

LINDSAY[Sem esperança] Não, não vai. Com a Ava na cidade, ele parece enfeitiçado por ela. Você nota os olhos dele quando a ver… Olha como ele enfia as mãos ao bolso para que a gente não veja o seu nervosismo?

GINA – Nossa! Você repara bem nele.

LINDSAY – Desde que o conheci.

 

David se aproxima e sorrir.

 

DAVID[Com o bloco de papel na mão e uma caneta] Oi meninas, o quê vão querer?

GINA[Pensando alto] Você!

DAVID[Confuso] Como?

GINA – Ai Droga! Vou ao…

 

Gina levanta bastante atordoada e corre até o sanitário.

 

DAVID[Olhando para Lindsay] Algum problema com ela?

LINDSAY[Sorrindo] Sim. Acho que é amor.

DAVID – Amor?

LINDSAY – Se toca David. Ela ainda te ama. Agora meu pedido é… Um suco de laranja com algumas gotas de mel e… Um sanduíche natural e que esteja gelado.

DAVID[Anotando] Tudo bem. Sabe o quê a Gina vai querer?

LINDSAY – Ela antes de sair disse você. Se você tiver David enlatado ou que seja um prato principal, ela deve aceitar.

 

Lindsay sorri para David e ele balança a cabeça bastante sem graça. Ela olha uma mensagem em seu celular e ver que Jack a convoca para ir à sua casa em algumas horas. Ela olha para frente e ver Phoebe encarando-a.

 

LINDSAY[Guardando o celular] Não custa avisar. Que susto!

PHOEBE[Debochando] Deve ter sido o impacto da minha beleza. Acontece às vezes.

LINDSAY[Irônica] Foi sim. O que você quer?

PHOEBE – Novidades… Já conectaram a Liga? Já sentiram o poder da Ava?

LINDSAY[Ríspida] Não lhe interessa.

PHOEBE – Vou esclarecer algo, Lindsay.

 

Phoebe coloca as mãos sobre á mesa e Lindsay é arrastada até próxima a ela.

 

PHOEBE[Séria] A Liga de vocês pode até parecer mais forte, mas acredite… Nunca será.

 

Lindsay só com o olhar faz Phoebe se afastar.

 

LINDSAY – Sua liga não é mais forte que a minha, pois não está completa e acredite… Não sabe a força que a Ava tem. A Magia dela parece ser mais forte que a nossa junta. E não digo a minha e a sua, eu digo de ambas as ligas.

PHOEBE[Surpresa] Jura?

 

Phoebe finge não acreditar, mas sabe que Lindsay diz a verdade. Gina volta para a mesa.

 

GINA[Encarando Phoebe] O que essa vadia faz aqui?

PHOEBE[Levantando-se] Não se preocupe Gina. O título de Vadia já é seu, sem brigas. Até logo!

 

Phoebe sai e Gina senta.

 

GINA[Curiosa] O que ela queria?

LINDSAY – Nada. Só… Latir um pouco.

GINA – Nunca sei que animal ela é.

 

As duas começam a rir. Gina olha David e cobre o rosto com o cardápio.

 

GINA – Já fez seu pedido?

LINDSAY – Sim. [Lembrando] Há… O Jack mandou uma mensagem, quer nos ver em algumas horas.

GINA – Também recebi, saindo daqui vamos pra lá.

LINDSAY – Tudo bem.

 

 

CENA 13 – EXT – RISING SUN – CENTRO DA CIDADE – MANHÃ

 

Phoebe se aproxima de um beco e toca em uma das paredes sujas e velhas, uma passagem aparece e ela atravessa á parede.

 

DAIANE – Demorou.

PHOEBE[Ríspida] Por acaso você diz o tempo de duração agora?

CARL – Parem! Fala logo.

PHOEBE[Eufórica] A Magia da Ava já foi usada e já se conectaram.

PABLO – Ótimo! Podemos avisar…

PHOEBE[Tomando á frente] Deixe-me fazer isso.

 

Phoebe se afasta dos outros e deixa á palma de sua mão aberta. Um símbolo negro se forma… Parece ser uma cruz escura, ela fura seu dedo e faz um círculo ao redor da cruz. Os olhos de Phoebe ficam negros, totalmente negros. Sua voz fica grave e seu corpo parece ser possuído.

 

CARL – Seja bem vindo, mestre.

PHOEBE/MESTRE[Voz grossa] Demoraram!

CARL[Trêmulo] Estávamos… Tendo certeza da garota.

PHOEBE/MESTRE – Então, o que descobriram?

CARL – A garota… Já foi conectada á Liga e seus poderes já foram desbloqueados.

PHOEBE/MESTRE – Maravilha. É um grande e maravilhoso momento.

PABLO – Qual a nossa missão agora, mestre?

PHOEBE/MESTRE[Explicando] Vocês terão que trazer a garota para a Liga de vocês. A magia que corre nela é totalmente superior á de qualquer outro bruxo.

CARL – Mas… Ela nos…

PHOEBE/MESTRE[Gritando] Não importa! Quero a garota do lado certo ou vocês quatros pagarão o preço.

 

O sangue da mão de Phoebe desaparece e ela cai desmaiada. Os outros se olham com medo e terror.

 

 

CENA 14 – INT – RISING SUN – RESIDÊNCIA SILVÉRIO – QUARTO (JACK) – TARDE

 

Ava está sentada sobre a cama e Jack em frente ao computador.

 

AVA – [Olhando o relógio] Eles estão demorando.

JACK – Hoje é sábado, Ava. Temos que aproveitar.

AVA – Tem razão. O que faz aí?

JACK – Tentando achar o significado deste símbolo.

AVA – Em nossas mãos?

JACK – Sim. Eu vi a marca do símbolo dos nossos pais quando eram conectados e era diferente, tenho quase certeza.

AVA[Tensa] Você acha que nos conectamos errado?

JACK[Confuso] Não. Consigo sentir você e os outros, a conexão foi feita corretamente, mas sinto que tem algo errado com este símbolo.

AVA – Tipo?

JACK[Olhando a tela] É o que estou tentando descobrir.

 

Jack gira a cadeira e fica de cara com Ava. Os dois se olham e vão se aproximando lentamente, mas a porta do quarto é aberta.

 

JAMES – Filho! Irei ao… Oh, desculpa.

JACK – Tudo bem, pai.

JAMES – Prazer sou o pai do Jack, James Silvério.

 

Ava segura à mão dele e seus olhos parecem tremer. Ela respira e fala sem graça.

 

AVA – Sou… Ava Brooks.

 

James larga a mão de Ava e fica bastante surpreso.

 

JAMES – Você é filha Da… Ashley e do Michael?

AVA – Pelo menos eu era.

JAMES – Verdade, que indelicadeza a minha… Sinto muito por eles.

AVA – Foi um prazer conhecê-lo.

JAMES[Simpático] O prazer foi meu. Fique á vontade. Irei sair, mas a casa é sua.

AVA – Obrigada.

JAMES[Tocando ao ombro dele] Até á noite… Filho!

JACK[Acenando] Tchau, pai!

 

James sai meio nervoso e Jack fala tímido.

 

JACK – Não liga, ele é meio nervoso mesmo.

AVA[Olhando-o] Jack?!

JACK – Fala.

AVA[Tensa] Quando eu apertei a mão do seu pai, senti uma vibração estranha.

JACK[Curioso] Como assim?

AVA – Acho que ele esconde algo e parece ser bastante misterioso.

 

Ava e Jack se encaram, quando os outros entram.

 

DAVID – Tive que sair mais cedo. O que aconteceu?

GINA[Gritando] Falem!

AVA[Paciente] Sentem, vamos explicar… É sobre minha amiga Elena.

 

 

CENA 15 – INT – RISING SUN – RESIDÊNCIA BROOKS – SALA – TARDE

 

 

Charlie ler o jornal e Molly muda o canal da Televisão.

 

MOLLY[Apertando o controle] Odeio esse tédio!

CHARLIE[Olhando a página do jornal] Odeio essa cidade! Aqui não tem nada de bom.

MOLLY[Sorrindo] Quando tinha meus poderes, eu sabia me divertir.

CHARLIE[Olhando para ela] Poderes! Faz anos que os sinto correrem em minhas veias.

MOLLY – Faz? Não preciso lembrar sobre o passado novamente, certo?

CHARLIE[Sorrindo] Sabe Molly, você deveria arrumar um namorado, vai ver esse seu tédio seja a falta de sexo.

MOLLY[Ela o encara] Charlie, vai se ferrar!

 

A campainha toca várias vezes e Molly abre a porta atordoada.

 

MOLLY – Qual o problema desta vez?

 

Dorothea e os anciões entram.

 

DOROTHEA[Nervosa] Precisamos de ajuda!

MOLLY – Mais?

DOROTHEA – Temos que unir os anciões se quisermos evitar uma grande batalha em Rising Sun. Todos mesmo.

CHARLIE – Não estão todos aqui?

 

Clovis coloca a mão sobre o ombro de Charlie e o mesmo cai ajoelhado.

 

CHARLIE – Nossa… Você sentiu bastante a minha falta.

CLOVIS – Não sabe o quanto.

DOROTHEA – Clovis largue-o!

CLOVIS[Olhando para ela] Esse safado não deveria está na cidade, não lembra quem ele é?

DOROTHEA – Nunca esqueci. Mas ele pode ajudar e pode ser uma tentativa de mostrar que mudou.

CLOVIS[Sorrindo] Ele? Isso nunca acontecerá.

MOLLY[Gritando] Chega! Qual o motivo urgente?

DOROTHEA – Os caçadores de Bruxas já estão na cidade.

MOLLY[Surpresa] Como é que é?

 

 

CENA 16 – INT – RISING SUN – HIGH SCHOOL M – CORREDOR – TARDE

 

David tranca á porta e os outros o esperam.

 

GINA – Para quê viemos aqui mesmo?

JACK – Vamos á biblioteca, precisamos achar algo relacionado á Mediunidade. Todas essas coisas de premonições, visões. E a biblioteca do colégio é a melhor.

DAVID[Pegando o celular] E o WI-FI daqui é perfeito.

LINDSAY[Concordando] Isso é fato!

AVA – Então, o que estamos esperando?

 

Todos correm até á biblioteca e começam a pesquisar sobre coisas relacionadas á Médium e videntes.

 

AVA [Olhando alguns livros] É difícil.

JACK [Indo até o computador] Não se procurarmos na ala certa. Internet…

GINA [Olhando para os amigos] Estou cansada.

AVA – Silêncio!

 

Ava fica parada e todos a olham. Ela se vira e a porta da biblioteca se abre sozinha.

 

AVA [Olhando ao redor] Não estamos sozinhos.

GINA [Tensa] Como é que é?

AVA [Gritando] Quem estiver aí… Apareça!

 

Um garoto mais ou menos da idade deles, cabelos loiros e cortados um pouco baixo, olhos azuis e pele pálida entra e todos respiram aliviados, menos Ava.

 

AVA [Encarando-o] Quem é você?

GAROTO [Se aproximando] Primeiro responda… Conhece Ava Brooks?

AVA – Sim, sou eu!

GAROTO – Ótimo! Precisa sair daqui, você corre perigo.

AVA [Impaciente] E quem é você?

GAROTO – Sou Dylan… Dylan Brooks!

 

Ava e Dylan se encaram.

 

—-FIM DO EPISÓDIO—-

Realização:

UNBROKEN PRODUCTIONS

Criado e Escrito por:

MARCOS HENRIQUE

UNBROKEN PRODUCTIONS ORIGINAL SERIES

2015- Story of Witches – Todos os direitos reservados!