FADE IN:

 

CENA 01 – INT – RISING SUN – GALPÃO ABANDONADO – NOITE

 

O lugar é velho e frio, algumas velas estão acesas e espelhadas pelo local. Gina está encostada a uma caixa de madeira e David está desmaiado e jogado ao chão. A garota começa a abrir os olhos e enxerga a diretora Fanny em pé em sua frente.

 

GINA[Tonta] Onde estamos? [Surpresa] Diretora Fanny?

 

FANNY – Em um lugar um pouco distante do colégio.

 

GINA – O que está acontecendo? Alguém acertou a cabeça do David e depois a minha. O David, ele está bem?

 

FANNY[Rindo] Ele está ao seu lado, sua imbecil.

 

GINA – O quê?

 

Fanny caminha para mais perto e ajoelha-se em frente à Gina.

 

FANNY – Não percebeu ainda sua tonta? Eu acertei a cabeça de vocês.

 

GINA – Você? Por quê?

 

FANNY – Não escolhi você por nada, escolhi porque quero algo que só você pode controla-lo.

 

GINA – Eu? Do que está falando? Quem é você?

 

Ela ri e levanta se afastando. Fanny abre os braços e mais velas são acesas, iluminando o local, Gina olha todo o lugar e vê vários adolescentes com marcas na testa e desacordados no canto do galpão.

 

GINA – Minha nossa! Então foi você quem sequestrou os garotos? Porque está fazendo isso? Como sabe das bruxas?

 

FANNY – Eu sou uma. Ninguém percebeu, mas eu sou uma bruxa e o meu objetivo com esses garotos já foi concluído.

 

GINA – Estava canalizando magia deles? [Irritada] Você os matou por poder?

 

Ela tenta levantar.

 

FANNY – É claro. Mas essa magia de canalização é pouca, eu quero mais.

 

GINA – Trouxe a mim e o David para nos canalizar?

 

FANNY – Não. Como falei, escolhi você porque quero algo que eu sei que você o tem.

 

GINA – E o que é?

 

FANNY – Quero o bastão de cristal!

 

Ela ri e Gina a encara, séria.

 

CORTA PARA:

 

CENA 02 – EXT – RISING SUN – HIGH SCHOOL M – LATERAL DA QUADRA – NOITE

 

Ava guarda o celular e vê Jack descer de seu veículo. Ela caminha até ele.

 

AVA – Onde estava? Liguei e você não atendeu.

 

JACK[Chateado] Desculpa, mas eu tive um imprevisto. Vamos entrar de uma vez.

 

Ele pega a mão dela e a puxa. Ava o segura.

 

AVA – Qual é o problema? Parece que você está escondendo algo e está incomodado, fala comigo.

 

JACK – Não é nada. Eu só…

 

Ele olha para ela e pega as mãos dela.

 

AVA – O que está havendo?

 

JACK[Tenso] Eu fiz…

 

Ele é interrompido com a chegada de Dylan.

 

DYLAN – Temos um problema.

 

AVA – O que houve?

 

DYLAN[Ofegante] Fui ver porque a Gina e o David estavam demorando e quando passei pelo corredor, vi sangue no chão e o gelo e os copos espalhados. Acho que aconteceu algo com eles!

 

JACK – Onde está a Lindsay?

 

DYLAN – Está tentando se acalmar no banheiro feminino.

 

AVA – Tentaram ligar para eles?

 

Dylan mexe em seu bolso e mostra o celular de Gina.

 

DYLAN – Ela deixou o celular.

 

JACK – O David ainda está com o dele.

 

Phoebe se aproxima com os amigos, todos fantasiados de presidiários.

 

PHOEBE – O que fazem aqui fora?

 

JACK – Não temos tempo para suas provocações agora.

 

AVA – A Gina e o David sumiram.

 

CARL – Não estão se pegando por aí? A Gina fica muito agitada em festas, conheço bem a peça.

 

DYLAN – Jack e Ava, o que faremos?

 

Pablo olha o desespero deles.

 

PABLO – Acham que foram levados?

 

JACK – Só se… Vocês! O Salazar é o único inimigo que quer algo conosco, ele mandou pegar eles?

 

PABLO – Não.

 

DAIANE – Ele não está nem…

 

Phoebe tampa a boca de Daiane.

 

PHOEBE – Não fomos nós.

 

AVA – Se não foram vocês, então quem foi?

 

PABLO – Parece que existe mais um inimigo em Rising Sun.

 

Eles se olham.

 

JACK – Vamos até a Lindsay.

 

PABLO – Espera! Podemos… Ajudar?

 

Todos ficam em silêncio.

 

AVA – Toda ajuda é bem vinda, mesmo sendo de vocês.

 

JACK – Fiquem aqui, vamos chamar a Lindsay.

 

Eles correm. Phoebe espera eles se afastarem e olha para Pablo.

 

PHOEBE – Jura? [Debochando] “Podemos ajudar”?

 

PABLO – Qual o problema?

 

PHOEBE – Devo lembrar que aqueles são os nossos inimigos.

 

PABLO – Isso já ficou ridículo. Não vou continuar compactuando com essa imbecilidade em ajudar alguém que não nos quer. Salazar que se ferre, vou fazer o que eu acho necessário e se ajudar o David e a Gina servir, eu farei.

 

CARL – Nossa! Agora fiquei surpreso.

 

Daiane ri e segura à mão do garoto.

 

DAIANE – Estou com você.

 

PHOEBE – Isso é ridículo. Vamos aproveitar a festa, Carl.

 

Ela se vira e o garoto a observa. Ela olha para trás e vê ele parado.

 

PHOEBE – Vamos!

 

CARL – Acho que vou… Ajudar eles.

 

PHOEBE – O quê?

 

CARL – Desculpa Phoebe. Mas o Pablo tem razão, cansei de estar no meio dessa luta e se for para escolher um lado, que seja o certo.

 

Ava e os outros voltam.

 

LINDSAY – O que eles fazem aqui?

 

PHOEBE – Eles enlouqueceram.

 

Ela vai embora.

 

AVA – O que ela tem?

 

PABLO – Não aceitou em ajudar vocês e nós preferimos o contrário.

 

LINDSAY[Surpresa] Sério?

 

DAIANE – Cansamos do Salazar.

 

CARL – O que faremos?

 

Eles se olham.

 

JACK – Podemos achar eles com magia, estamos conectados e isso ajuda.

 

AVA – É verdade. Tinha esquecido.

 

DYLAN – E o que precisam fazer?

 

JACK – Primeiro achar um lugar seguro e escondido, pois aqui está lotado de alunos.

 

LINDSAY – Vamos para a biblioteca, podemos ficar lá, ninguém nos verá.

 

JACK – Ótimo! Vamos.

 

  CORTA PARA:

 

CENA 03 – INT – RISING SUN – GALPÃO ABANDONADO – NOITE

 

Gina está com as mãos amarradas. Ela vê David caído.

 

GINA – Como sabe que o bastão está comigo?

 

FANNY – Todas as bruxas já sabem. Vários clãs de todo o mundo estão determinados a pegá-lo, você uniu a arma mágica mais forte do mundo.

 

GINA – Qualquer clã que tenham os cristais pode uni-los e criar um bastão.

 

FANNY – Não é bem assim sua tola. Não é todo clã que herda cristais da família, apenas as famílias mais poderosas tendem a ter e hoje em dia é difícil achar eles, digo até que vocês foram os únicos.

 

Gina tenta se soltar.

 

GINA – E o que pretende fazer com ele?

 

FANNY – Eu fui expulsa do meu antigo Coven. Mandaram eu me ferrar e arrancaram a minha magia e vivi canalizando desde então, mas é pouco, pois eu quero muito mais para me vingar deles. E não foi fácil chegar aqui, mas eu consegui. Quero o bastão para matar todos e formar o meu próprio clã, um em que eu o controle e tudo seja da minha maneira.

 

GINA – Isso é pura maldade. Até parece alguém que eu conheço.

 

FANNY – Acho que fala do Charlie.

 

GINA – O conhece?

 

Fanny ri e caminha até os corpos no chão.

 

FANNY – Esse serve?

 

Ela levanta a cabeça dele e Charlie continua desmaiado. Ele está de bruços e bastante sujo.

 

GINA – Também o matou?

 

FANNY – Não. A magia não habita mais o corpo dele, só o trouxe, pois ele sabia demais. Ele me ajudou a ter magia por alguns dias.

 

GINA – Você é um monstro!

 

FANNY – Sou uma sobrevivente, apenas isso. Agora me fala onde está o bastão?

 

GINA – Não está comigo. Os anciões o guardaram e não sei onde encontra-lo.

 

FANNY – É mesmo?

 

Fanny larga o corpo de Charlie e olha para David ainda desmaiado. Ela aponta a mão para ele e o garoto é arrastado até ela.

 

FANNY[Colocando o pé sobre a cabeça de David] Ou diz onde encontra-lo ou eu matarei o seu namoradinho.

 

Gina engole em seco.

 

CORTA PARA:

 

CENA 04 – EXT – RISING SUN – CASA ESCONDIDA – JARDIM – NOITE

 

Selena olha para uma cova ao chão, onde está coberta por flores e pedras. Ela chora observando o túmulo de Dorothea, Louise se aproxima.

 

LOUISE – Porque não queimou ao invés de cavar e enterrar?

 

Selena enxuga as lágrimas e sem olhar para Louise, faz a velha paralisar.

 

SELENA[Furiosa] Não vou aturar seus deboches em um momento como esse, zombe dela, mas a Dorothea morreu como uma heroína e uma mulher boa, diferente de você que não passa de uma carcaça de couro, mas feita de pedra por dentro e mais dentro ainda só existe escuridão e tudo que imaginar de podre, porque essa é você, sua bruxa imunda.

 

Selena a solta e ela cai ajoelhada em frente ao túmulo.

 

LOUISE[Séria] Está achando que pode me ameaçar?

 

SELENA – Não só posso como fiz. E se quer saber, isso não foi nada do que um dia eu farei com você.

 

Selena olha mais uma vez o túmulo e se vira para entrar. Louise olha para ela e quando a suprema se afasta, ela cospe em cima do túmulo de Dorothea.

 

LOUISE – Já foi tarde.

 

CORTA PARA:

 

CENA 05 – INT – RISING SUN – HIGH SCHOOL M – BIBLIOTECA – NOITE

 

Daiane fecha a porta. Alguns livros estão espalhados e o lugar parece empoeirado.

 

LINDSAY – Realmente, ninguém vem aqui.

 

AVA – O que faremos agora?

 

JACK – Lindsay e Ava deem as mãos.

 

Elas fazem o que ele pede. Jack segura as mãos de cada uma e forma um pequeno círculo, eles fecham os olhos.

 

LINDSAY – O que dizemos agora?

 

JACK – Não precisa de todos. Apenas um, eu falo. Vocês só precisam fechar os olhos e deixarem suas mentes limpas.

 

AVA[Preocupada] Já fizeram isso antes?

 

LINDSAY – Não, mas deve ser da mesma forma que no mapa, não é?

 

JACK – Vamos descobrir. [Conjurando] “CONIUNCTA INVENIMUS NOSTRUM”.

 

Daiane, Pablo, Carl e Dylan se afastam por precaução. Os móveis do lugar tremem e os livros caem das estantes.

 

DYLAN[Segurando-se] Gente, o que é isso? Parece que vão derrubar o lugar.

 

Jack e as garotas parecem estar em um transe. Até que tudo para e os três soltam as mãos. Eles abrem os olhos e estão acesos, os de Ava com uma coloração avermelhada, os de Jack azuis e os de Lindsay verdes.

 

JACK – Nossos olhos estão…

 

AVA – Sim, acesos. Aconteceu antes!

 

LINDSAY – Viram o lugar em suas mentes? Eu vi e a Gina está bastante tensa, pude sentir.

 

AVA – Eu também. Parecia um galpão abandonado, mas não conheci o lugar.

 

JACK – Era um galpão e realmente não me lembro dele.

 

Eles se olham.

 

PABLO – A antiga fábrica de tijolos, os galpões lá foram abandonados quando fecharam, lembra?

 

JACK – É verdade. Vamos rápido, se for lá ao menos podemos encontrar alguma coisa!

 

Eles saem correndo.

 

CORTA PARA:

 

CENA 06 – INT – RISING SUN – GALPÃO ABANDONADO – NOITE

 

Fanny segura David pelo pescoço e Gina grita chorando.

 

GINA – Tudo bem! Eu o entrego para você.

 

FANNY – É assim que eu gosto. Cadê?

 

GINA – Está na minha casa. Eu o guardei no escritório da minha mãe, podemos ir lá buscar.

 

Fanny ri e caminha até ela e olha em seus olhos.

 

FANNY – Eu irei sozinha. Posso acha-lo, só me fale a combinação do cofre.

 

GINA – É a data do aniversário de casamento dos meus pais, treze de dezembro de mil novecentos e noventa e quatro.

 

FANNY – Obrigada, querida.

 

Fanny caminha para a saída.

 

GINA – Ei! O que acontecerá conosco?

 

Fanny olha para ela.

 

FANNY – Bem lembrado, já ia me esquecendo.

 

Ela ri e faz a entrada do lugar pegar fogo.

 

GINA – Porque isso?

 

FANNY – Não posso deixar que fuja e revele o meu objetivo aos outros.

 

Ela passa e puxa o grande portão de madeira na entrada. Gina olha o fogo se aproximar dela e dos corpos e se desespera.

 

GINA[Suando e tossindo] Meu Deus!

 

CORTA PARA:

 

CENA 07 – INT – RISING SUN – HIGH SCHOOL M – QUADRA – NOITE

 

Ashley e James procuram por Ava e Jack, mas não os encontram.

 

ASHLEY – Será que eles decidiram conversar e o Jack vai contar tudo a ela?

 

JAMES – Ele disse que você iria fazer isso, fica tranquila.

 

ASHLEY – Mas não consigo encontrar nenhum dos amigos deles.

 

James olha em volta e vê Phoebe sentada com uma bebida na mão.

 

JAMES – Aquela ali é Phoebe Bittencourt, já a vi conversando com o meu filho e os outros.

 

ASHLEY – Eu já a vi aqui no colégio. [Surpresa] Ela é filha da Cynthia? A parte quebrada da Liga deixou geração?

 

JAMES – Sim. Vamos perguntar se ela os viu.

 

Eles se aproximam.

 

JAMES – Oi. Eu sou James Silvério, pai do Jackson. Pode me dizer se o viu por aqui?

 

PHOEBE[Irritada] Sim. Ele e os amiguinhos foram atrás da Gina e do David, parecem que eles desapareceram. Agora se me dão licença, estou curtindo e odeio ser incomodada.

 

Phoebe levanta e caminha para a pista de dança. James e Ashley se olham surpresos.

 

CORTA PARA:

 

CENA 08 – EXT – RISING SUN – GALPÃO ABANDONADO – NOITE

 

Jack freia o carro bruscamente e todos descem ao perceber as chamas tomar conta e destruir o portão principal do galpão.

 

LINDSAY[Apreensiva] Oh Meu Deus!

 

AVA – É esse o lugar, eu me lembro.

 

Jack levanta a mão em direção ao lugar.

 

JACK – Lindsay e Ava ajudem aqui. Apaguem o fogo!

 

Elas também levantam as mãos.

 

LINDSAY – Isso é mesmo chato, usar magia em conjunto.

 

JACK – Façam agora.

 

Eles olham o lugar e o fogo parece diminuir pelo menos o da entrada. O teto ainda está coberto por chamas altas. Jack, Dylan, Pablo e Carl correm e entram no lugar. Daiane olha para Ava e Lindsay.

 

DAIANE – Eles vão ficar bem.

 

AVA – Eu espero que sim.

 

Jack sai carregando os braços de David e Pablo as pernas. Carl carrega Gina com Dylan.

 

LINDSAY – Graças a Deus!

 

Gina tosse bastante e está suja com cinzas.

 

GINA[Esforçando-se] Graças a Deus, mas precisam ajudar os outros.

 

AVA – Que outros?

 

GINA – Os adolescentes que vinham sendo sequestrados estão lá e o Charlie também.

 

AVA – Charlie?

 

Daiane olha para Carl e para Pablo e os três olham o lugar, eles fecham os olhos e bastante vento gira em torno do galpão e acabam formando um grande redemoinho.

 

JACK – O que estão fazendo?

 

LINDSAY – Deixa. O fogo está se apagando, sem oxigênio não há fogo.

 

Eles continuam e o fogo é totalmente apagado. Os três respiram aliviados, Jack corre e olha o lugar com bastante fumaça no ar.

 

JACK – O fogo apagou completamente.

 

AVA – Ainda bem. Obrigado gente, vocês foram espertos.

 

PABLO – Sem problemas.

 

Gina tosse mais.

 

GINA – Ainda temos um problema.

 

DYLAN – Qual?

 

GINA – Foi à diretora Fanny quem sequestrou os adolescentes e o Charlie.

 

AVA – A Fanny? E o que ela queria com vocês?

 

GINA – Ela quer o bastão e ameaçou a vida do David, tive que dizer onde estava.

 

LINDSAY – E agora?

 

GINA – Eu menti sobre o lugar, mas está mesmo na minha casa, só que em um local diferente e se ela descobrir e pegar aquele bastão, muitos pagarão pela maldade dela.

 

JACK – Então vamos para a sua casa.

 

DYLAN – Vocês vão, eu e eles cuidamos dos que ficaram aqui e que ainda possam estar vivos.

 

AVA – Tudo bem.

 

JACK – Vamos.

 

GINA[Para Dylan] Quando o David acordar, explique a ele.

 

DYLAN – Pode deixar comigo.

 

Jack, Lindsay, Ava e Gina entram no veículo e ele acelera em partida.

 

CORTA PARA:

 

CENA 09 – INT – RISING SUN – RESID. THOMPSON – ESCRITÓRIO – NOITE

 

O lugar está todo bagunçado. Fanny joga os papeis para o ar e olha o cofre aberto mais uma vez.

 

FANNY[Falando sozinha] Ela mentiu para mim. E eu a matei antes de conseguir pegá-lo. [Furiosa] Burra!

 

Ela joga o quadro contra a parede e ele se parte. Fanny olha para a porta e caminha rapidamente. Ela olha ao redor e por todos os lugares da sala e do corredor.

 

FANNY – Se eu fosse uma adolescente tosca e imbecil onde guardaria aquele bastão infernal?

 

Ela aperta as mãos com raiva e fecha os olhos. Ela tenta sentir a magia do bastão, quando escuta o barulho de carro no lado de fora.

 

CORTA PARA:

 

CONT. DA CENA 09 – INT – RESID. THOMPSON – SALA – NOITE

 

A porta é aberta bruscamente e todos entram, Gina corre pelo corredor até a cozinha e em minutos traz consigo uma caixa de madeira.

 

GINA – Ela não conseguiu achar.

 

LINDSAY – Mas destruiu o escritório da sua mãe.

 

GINA – Não importa.

 

Gina abre a caixa e olha o bastão dentro e quando ela o pega, ele brilha.

 

AVA – Ótimo! Agora vamos…

 

Fanny aparece saindo de lado do sofá.

 

FANNY – Então você sobreviveu? Maravilha!

 

Ela olha o bastão e faz o objeto flutuar até a sua mão e o agarra.

 

FANNY[Olhando o bastão] Finalmente! Ele é lindo e posso sentir a quantidade de poder que ele consegue ter.

 

GINA – Não vai usá-lo, o bastão não obedece a você.

 

FANNY – Veremos!

 

Fanny aponta o bastão em direção dela. Gina fecha os olhos e respira fundo, ela fica calma e parece se concentrar.

 

LINDSAY – O que ela está fazendo?

 

JACK – Acho que ela vai usar o bastão, ele obedece a ela, lembra?

 

AVA – É verdade. Olha como ele está brilhando mais forte.

 

O bastão realmente brilha cada vez mais e Fanny não consegue segurá-lo.

 

FANNY – Que droga é essa.

 

Ela olha a mão e está queimada. Ela tenta segurar o objeto mais uma vez e é sem sucesso. Gina abre os olhos e o brilho do bastão reflete neles.

 

GINA – Eu disse que você iria pagar por isso.

 

FANNY – Não acabou ainda, garota.

 

GINA – Mas acabará agora.

 

O bastão se mexe e para nas mãos de Gina, a garota aponta o mesmo em direção de Fanny.

 

LINDSAY – Gina, não pode mata-la. Nós não somos assim, você não é assim!

 

GINA – Estou cansada de nos perseguirem e mesmo sendo bons, nós sempre nos ferramos.

 

JACK – Gina, podemos prendê-la e manda-la para o conselho.

 

GINA – Os anciões estão mortos!

 

Ava olha para eles.

 

AVA – Gina…

 

Ela olha para Ava.

 

AVA – Quer mesmo fazer isso? Carregar o fardo de matar alguém por toda a sua vida? Lembrar-se deste momento como o inicio de uma grande consequência moral em seu futuro? Você não é assim, é?

 

GINA – Se eu não fizer, também irei me arrepender. Então que me arrependa por ter feito.

 

Ela olha para os amigos.

 

GINA – E Sim Lindsay, essa agora sou eu!

 

Ela olha para Fanny que está assustada. Gina aperta o bastão e uma luz forte sai do mesmo, atravessando o corpo de Fanny. Os olhos, nariz e boca da diretora sangram e ela olha para Gina com um sorriso no rosto.

 

FANNY[Forçando] Isso é mesmo uma vitória?

 

A mulher cai morta. Gina respira e olha para os amigos.

 

GINA – Se não fosse ela, seríamos nós!

 

Eles se encaram.

 

CORTA PARA:

 

CENA 10 – INT – RISING SUN – CASA ESCONDIDA – QUARTO – NOITE

 

Louise está no quarto, ela olha para o céu pela janela e depois avista o túmulo de Dorothea.

 

LOUISE – Ela ainda incomoda mesmo depois de morta.

 

Louise fecha a persiana da janela e olha os corpos sobre a cama. O corpo verdadeiro de Salazar está enrolado com uma manta de pano e o de Chris apenas deitado e inconsciente.

 

LOUISE – Já deveria ter funcionado.

 

O corpo de Chris começa a tremer e Louise grita por Selena. A bruxa suprema entra ao quarto, assustada.

 

SELENA – Qual o problema?

 

LOUISE – Olha!

 

SELENA – Ele vai acordar.

 

LOUISE – O Salazar ou o Chris?

 

SELENA – Veremos.

 

O corpo de Chris treme bastante e finalmente os olhos são abertos e levanta buscando oxigênio. A respiração é forte, Louise se aproxima dele.

 

LOUISE – Quem é você, Chris Summer ou o Salazar?

 

CHRIS[Rindo] Digamos que os dois, mas é o Salazar no controle.

 

Louise ri e olha para ele.

 

SELENA[Tensa] Então deu mesmo certo!

 

CHRIS/SALAZAR – Deu sim, Selena. Sinto-me mais capaz e com o Échange bem sucedido, ninguém saberá que eu estou neste corpo.

 

Ele levanta e se olha ao espelho na parede.

 

CHRIS/SALAZAR[Debochado/Fingindo] Olá, sou Christian Summer.

 

 

FADE OUT.

 

  –FIM DO EPISÓDIO–

Criado e Escrito por:

MARCOS H.

 

Produzido por:

UNBROKEN PRODUCTIONS.

 

Unbroken Productions Original Séries.

2016 – Story Of Witches – Segunda Temporada – Todos os direitos Reservados.