FADE IN:

 

CENA 01 – INT – RISING SUN – RESID. THOMPSON – QUARTO – MANHÃ

 

Gina acorda assustada com um forte barulho provocado por Ava e Lindsay. As garotas seguram panelas e colheres de aço.

 

LINDSAY[Gritando] Hora de acordar, preguiçosa!

 

AVA – Hoje é o grande dia.

 

Gina revira os olhos e ergue as mãos, fazendo as amigas serem lançadas a parede.

 

GINA – Vocês tem sorte de ainda estarmos conectadas e não usar a minha magia com força total contra vocês.

 

LINDSAY[Arrumando a blusa] Anda logo. Vamos precisar de um dia no salão para arrumar os cabelos, unhas, provar os sapatos e o mais essencial: A maquiagem!

 

Ela sorri e olha para as outras duas.

 

GINA – Maldito dia que chegou tão rápido.

 

AVA – Foi quase dois meses desde você sabe o que aconteceu e precisamos deste momento de normalidade em nossas vidas. Levanta!

 

Gina joga a coberta para o lado e encara as duas.

 

GINA – Odeio vocês!

 

Ela corre para o banheiro. Lindsay olha para Ava.

 

LINDSAY [Sorrindo] Então, quem será o seu par hoje à noite? Vivendo no mesmo teto, será que eu darei um aleluia por você e o Jack?

 

AVA – Não. Não irei com o Jack e mal nos falamos, mesmo eu vivendo na casa dele. O que já está quase deixando de acontecer, pois a minha casa já está quase pronta.

 

LINDSAY – Essa situação nos deixa desconfortável.

 

AVA – Eu sei e sinto muito, mas o problema é entre mim e ele e vocês não deviam ligar.

 

LINDSAY – Somos amigos e amigos se importam com problemas uns dos outros.

 

Ela organiza a cama de Gina. Ava escuta a porta ser aberta e quando olha, é Raissa, mãe da garota.

 

AVA – Ah! Oi?

 

LINDSAY [Sorrindo] Raissa?

 

A mulher, (cabelos escuros e curtos, olhos azuis, pele bronzeada e usa um vestido amarelo), segura uma sacola de papel com a marca de uma grife. Ela retira os óculos escuros.

 

RAISSA – Olá. [Irônica] Esse quarto ainda é o da minha filha?

 

Gina sai enrolada a toalha e se surpreende com a sua mãe em sua frente.

 

GINA[Surpresa] Mãe?

 

RAISSA – Surpresa!

 

Ela abre os braços e prende a filha em um abraço desajeitado.

 

GINA – O que faz aqui?

 

RAISSA – Ora, eu tive que resolver umas coisas aqui em casa e soube que hoje é a sua formatura.

 

GINA – Soube? Como?

 

Raissa olha para Lindsay.

 

LINDSAY – Desculpa, mas eu precisei avisá-la.

 

RAISSA – E fez bem. Não me queria em sua formatura?

 

GINA – Não é isso. É só que… Eu não queria incomodá-la com besteira.

 

RAISSA – Querida, eu sei que sou uma péssima mãe e que não tenho tempo para você, mas ainda sou a sua mãe e quero estar com você em seus momentos de glória.

 

GINA – É que você é tão… Comum. Depois que abriu mão da sua magia e vive como uma empresaria normal, eu não tenho sintonia com você. É como viver em dois mundos.

 

RAISSA – Eu quis deixar a magia e viver bem comigo mesma, mas somos diferentes e não é necessário que tenhamos escolhas iguais. Viva da sua maneira!

 

Gina a abraça.

 

GINA – Desculpa.

 

RAISSA – Sem problemas. Agora abra o seu presente!

 

Gina abre a sacola e puxa um lindo vestido azul. Ela o segura contra o corpo. O vestido é tomara que caia; curto na parte da frente e com uma cauda ondulada na parte traseira.

 

GINA – É lindo, mãe.

 

RAISSA – Que bom que gostou. Use-o essa noite!

 

Ela coloca o vestido sobre a cama e Ava e Lindsay se aproximam dela.

 

AVA – Ficará linda.

 

LINDSAY – E o que você comprou?

 

GINA – Uso em outra ocasião. Esse é bem mais a minha cara.

 

Raissa sorri emocionada.

 

CORTA PARA:

 

CENA 02 – INT – RISING SUN – FLORESTA/ESCONDERIJO – MANHÃ

 

O lugar está repleto de velas acesas e mesmo assim ainda é escuro. Ao lado direito está um caixão de madeira envernizada com detalhes dourados ao redor. Em frente está uma bancada com mais velas, um círculo de cinza escura e ao centro está um recipiente com sangue e um coração acinzentado dentro.

 

JACK – Já chega Halley!

 

O garoto está próximo à escada. O lugar todo treme e ela mergulha as mãos ao sangue e toca o coração.

 

HALLEY[Conjurando] “SANCTUM REDUC”.

 

Ela repete inúmeras vezes. Seu nariz começa a sangrar e ela olha para o alto chorando.

 

HALLEY – Não. Por favor! É a minha mãe.

 

Jack respira fundo. Halley está com os olhos fundos e uma aparência degastada.

 

JACK – Não tem mais jeito. Você tentou de tudo. Sabe que é impossível trazê-la de volta, se passaram quase dois meses.

 

HALLEY[Gritando] Eu sei! Mas ela é a minha mãe e a única pessoa que tinha como família. Não tenho mais ninguém.

 

Ela cai ajoelhada. Jack se aproxima.

 

JACK – Sei que isso não muda nada, mas você tem sim alguém. Eu! Posso não ser do seu sangue, mas somos amigos.

 

Ela o abraça. David entra acompanhado por Dylan.

 

DAVID – Precisamos ir. Um grupo de pesquisadores está por perto.

 

DYLAN – Malditos cientistas.

 

JACK – Ok. Nós já vamos!

 

Halley levanta e vai até o caixão e o toca.

 

HALLEY – Desculpe-me Mãe. Eu falhei por agora, mas prometo que nos veremos em breve.

 

Jack a segura e a ajuda até a saída. David olha em volta e com apenas um fechar de mãos, as velas se apagam.

 

No lado externo eles fecham a porta e selam usando magia. Três pessoas os observam dos arbustos e Dylan rapidamente olha na direção, mas as pessoas já desapareceram.

 

JACK – Algum problema, Dylan?

 

DYLAN – Uma sensação estranha, mas passou.

 

DAVID – Vamos? Está selada.

 

HALLEY – Obrigada. Vamos.

 

Eles seguem pela trilha.

 

CORTA PARA:

 

CENA 03 – INT – RISING SUN – HIGH SCHOOL M – QUADRA – MANHÃ

 

Margareth está olhando os últimos preparos para a formatura.

 

MARGARETH – Suspendam mais essa luminária. Não quero os formandos lascando as cabeças ao passar pelo palco.

 

Os organizadores executam a ordem. Sua secretária, uma mulher baixinha e gordinha se aproxima e sussurra algo em seu ouvido. Ela olha para a porta e ver Dominic, Marvel e John. Ela se afasta e os leva até sua sala.

 

FUSÃO PARA:

 

CENA 04 – INT – RISING SUN – HIGH SCHOOL M – SALA DIREÇÃO – MANHÃ

 

Ela bate à porta e os homens se sentam às poltronas em frente a sua mesa.

 

MARGARETH – O que fazem aqui?

 

DOMINIC – Senhora, nós já observamos as bruxas durante semanas e até agora a sua ordem fora apenas essa. Porque isso?

 

JOHN – É. [Sussurrando] Eles nem parecem bruxas.

 

Marvel observa tudo quieto.

 

MARGARETH – Quem dá as ordens aqui?

 

DOMINIC – A senhora, mas…

 

MARGARETH – Quem vocês devem obedecer?

 

Eles se olham. Marvel levanta e mostra suas presas, ele avança, mas parece sentir uma forte dor e se joga ao chão. Margareth acabara de pressionar um botão grudado ao seu relógio. Os outros olham suas pulseiras injetadas em seu pulso e tocam as suas nucas.

 

MARGARETH – Não se preocupem. Vocês não sofrerão caso me obedeçam e não tentem me atacar.

 

Ela coloca o salto sobre a mão de Marvel que ainda está ao chão. Ele sente o salto entrando em sua carne e reclama de dor.

 

MARGARETH – Sabe que eu comando vocês. Estão vivos por bondade minha e caso tenham escolhas erradas, suas coleiras e marcas os lembrarão sobre tudo.

 

John e Dominic se ajoelham rapidamente. Margareth puxa o salto da mão do vampiro e rapidamente a ferida se cura. Ele se junta de joelhos ao lado dos outros dois.

 

MARVEL – Peço perdão por meu súbito erro. Não queria causa-la pânico.

 

Ela se abaixa e toca o rosto dele.

 

MARGARETH – Eu amo vocês. Sabem que o meu prazer é cuidar e zelar para que o sobrenatural fique oculto. Não concordam?

 

Eles balançam as cabeças.

 

DOMINIC – Senhora. Sem querer ser importuno, mas não comemos faz horas e já estamos fracos. Quando teremos a próxima dosagem?

 

Ela o encara.

 

MARGARETH – Tranque a porta.

 

Em uma velocidade extrema, ele faz o que ela manda. Gira o tranco da porta e volta ao mesmo lugar.

 

MARGARETH – Darei suas refeições.

 

Ela tira a blusa azul e a saia preta. Fica apenas de sutiã e calcinha e abre os braços.

 

MARGARETH – Sejam cuidadosos e rápidos.

 

Eles se aproximam. Dominic crava suas presas, primeiro sobre a coxa direita. John ao ombro esquerdo e Marvel ao pulso oposto ao relógio. Eles bebem o sangue dela.

 

DOMINIC [Encarando-a] Faremos apenas a refeição necessária?

 

O olhar dele é de interesse. Margareth abre as pernas e com os dentes ele puxa a calcinha da mulher, deixando-a totalmente nua.

 

MARGARETH – Só porque hoje será um dia de glória!

 

Ele arranca suas roupas, assim como os demais. Margareth olha para os três.

 

MARGARETH – Não sejam desnecessários. Sabem como eu gosto, então me surpreendam!

 

Os três excitados caem sobre ela.

 

CORTA PARA:

 

CENA 05 – EXT – RISING SUN – LANCHONETE SUN – MANHÃ

 

Ava pega seu pedido sobre o balcão. Lucas e o xerife entram no recinto.

 

LUCAS[Abraçando-a] Oi Ava.

 

AVA – Ah, oi Lucas.

 

LUCAS – Ansiosa para hoje à noite?

 

AVA – Um pouco. Você vai mesmo, não é?

 

LUCAS – Sim. Prometi que seria seu par, então serei.

 

AVA – Ok.

 

LUCAS – Passo para te pegar às sete.

 

AVA – Tudo bem. As garotas estão me esperando no carro, até mais.

 

Ela o beija na bochecha e acena para o xerife.

 

XER. BILL – Ava Brooks?

 

LUCAS – O quê?

 

XER. BILL – Fico feliz que tenha achado amigos. Mas logo ela? Sabe que ela e os amigos dela sempre estão envolvidos em histórias sem pé e nem cabeça.

 

LUCAS – Qual é? Todos curtem um mistério.

 

XER. BILL – Ok. Não vou me intrometer. Agora deixa eu ir que vou averiguar um arquivo com um detetive que está vindo de fora.

 

LUCAS – Tudo bem. Até mais!

 

XER. BILL – Lembre-se que sua mãe estará em casa no almoço e você precisa aparecer lá.

 

LUCAS – Certo pai. Entendi!

 

O xerife sai e ele faz o seu pedido. Jack observara toda a cena de uma mesa onde estava com Halley.

 

JACK – Volto já!

 

HALLEY – Ok.

 

Ele levanta e caminha até onde Lucas está.

 

JACK – Então você é o garoto com quem Ava vai ao baile de formatura?

 

LUCAS – Ah! O ex.

 

JACK – O quê?

 

LUCAS – Ela me falou sobre você.

 

JACK – Falou? Ela disse que sou o cara por quem ela é apaixonada?

 

LUCAS – Na verdade, não. Ela citou você como um traidor canalha que dormiu com sua ex.

 

Jack fecha as mãos com vontade de socar o rosto de Lucas. Ele olha em volta e tenta usar magia, mas parece ser em vão. Nada acontece.

 

LUCAS – Algum problema?

 

JACK – Não. Uma ótima noite com ela hoje.

 

Ele volta para o seu lugar. Halley o encara.

 

HALLEY – O que foi?

 

JACK – Nada, é só que… Espera!

 

Jack olha em volta e depois faz com que o açucareiro sobre a mesa flutue rapidamente.

 

HALLEY[Olhando em volta] Está doido?

 

JACK – Ninguém viu.

 

HALLEY – O que foi? Porque isso?

 

JACK – Você sabe dizer se alguém humano pode ser imune a nossa magia?

 

HALLEY – Como assim? Nunca ouvi falar sobre isso.

 

JACK – Não é nada. Esquece!

 

Ele observa Lucas na outra mesa.

 

  CORTA PARA:

 

CENA 06 – INT – RISING SUN – RESID. SILVÉRIO – COZINHA – QUASE TARDE

 

James está preparando o almoço e Ashley o ajuda cortando verduras e legumes.

 

ASHLEY – Admiro seu cuidado com a casa.

 

JAMES – Obrigado. Hoje estou de folga por isso estou empenhado no almoço e a casa agora está cheia.

 

ASHLEY – Logo, logo mudaremos.

 

JAMES – Ei, não acho ruim vocês aqui. Até gosto.

 

Ele tampa uma das panelas.

 

ASHLEY – É que é uma situação estranha. Ava e Jack se estranhando. Molly chorando e fingindo não se lembrar do Charlie.

 

JAMES – Você e eu!

 

ASHLEY – De novo? Já falei sobre esquecermos o passado.

 

JAMES – Mas eu não quero. Eu e você sabemos o que houve e eu gostaria de retomar, já que agora estamos livres.

 

Ele a puxa para mais perto e a beija. Um beijo intenso e ardente. Mas Ashley para e o afasta.

 

ASHLEY – Eu não me sinto pronta para uma nova relação.

 

JAMES – Por quê? Eu já mostrei que a amo e…

 

ASHLEY – Não quero voltar a falar sobre isso.

 

JAMES – Não sabe o quanto eu queria ter tido uma família com você. Ter sequer tido um filho seu, Ashley. Mas aí o Michael apareceu e você bem sabe.

 

Ashley engole em seco e parece ficar tensa.

 

ASHLEY – Você deveria voltar a cozinhar.

 

JAMES – Porque está chorando?

 

Ela enxuga as lágrimas.

 

ASHLEY – Porque como eu disse, não estou pronta. Como falei a Ava, tomei escolhas erradas das quais me arrependo.

 

Ele a encara.

 

JAMES – Do que está falando?

 

ASHLEY – Eu não devia, mas…

 

Molly chega e eles desviam os olhares.

 

MOLLY – Tudo bem por aqui?

 

ASHLEY – Sim.

 

MOLLY – Está chorando?

 

ASHLEY – É a cebola.

 

MOLLY – Ok. Então, ansiosos para verem seus filhos formados?

 

Ashley e James se olham mais uma vez e depois respondem.

 

CORTA PARA:

 

CENA 07 – EXT – RISING SUN – CIDADE/CENTRO – FIM DE TARDE

 

Ava, Lindsay e Gina saem do cabelereiro. Andam em direção ao carro.

 

GINA – Ainda bem que vamos nos trocar na sua casa, Lindsay. As meninas vão para lá assim que fecharem aqui, concluir os nossos penteados e maquiagem.

 

AVA – Espero que chegue logo à noite. Não aguento mais isso!

 

Ela abre a porta e olha para Lindsay que está encarando Gina.

 

AVA – O que houve?

 

GINA – Estão sentindo como se estivéssemos sendo observadas?

 

Elas olham em volta.

 

AVA – Eu não estou.

 

LINDSAY – Acho que está paranoica.

 

A garota fecha os olhos e respira fundo.

 

GINA[Conjurando] “REVELABIT”.

 

John, Marvel e Dominic são arrastados dos arbustos a beira da estrada. Os três ficam ao chão.

 

LINDSAY[Surpresa] Minha nossa!

 

AVA – Quem são eles?

 

Eles levantam rapidamente e tentam correr, mas Gina ergue a mão e John fica paralisado. Marvel e Dominic desaparecem em uma velocidade impercebível.

 

LINDSAY – O que está fazendo?

 

GINA – Senti alguém me observar a semanas. Lembram quando falei que parecia que alguém me olhava desde os dias após a batalha contra o Salazar? Acho que esse e os dois fujões estão envolvidos.

 

AVA – E o que faremos?

 

GINA – Vamos bater um papo com ele. Lindsay chame o David e o Jack.

 

Lindsay pega o celular.

 

GINA – Ava, não precisa usar sua magia. Sabemos o que acontece já que agora é a suprema e não tem controle dos seus poderes.

 

AVA – O que você pretende fazer com ele?

 

GINA – Quero saber o porquê de ficar nos seguindo e quem os mandou.

 

Ela gira a mão e o homem fica inconsciente.

 

CORTA PARA:

 

CENA 08 – INT – RISING SUN – HIGH SCHOOL M – DIREÇÃO – FIM DE TARDE

 

A porta da sala de Margareth é fechada bruscamente, quando Dominic e Marvel param em frente a ela.

 

MARGARETH – O que deu em vocês? Ficam usando velocidade em tudo agora? Se alguém os vir…

 

DOMINIC[Ofegante] Senhora, é que o John foi capturado pelas bruxas que a senhora nos mandou observar.

 

Margareth levanta rapidamente.

 

MARGARETH – O quê? Como assim?

 

MARVEL – Nós estávamos escondidos, quando uma delas usou magia e nos fez ser arrancados de onde estávamos. Eu e o Dominic conseguimos escapar, mas o John… Não saia do lugar.

 

MARGARETH[Séria] Desgraçadas. Elas vão descobrir o objetivo de tudo isso. Precisamos concluir o plano esta noite sem que aconteça algum imprevisto.

 

DOMINIC – Faremos o possível. Mas e o John?

 

MARVEL – Ele é nosso irmão. Precisamos…

 

Ela levanta a mão e ele se cala.

 

MARGARETH – Às vezes em uma guerra…

 

Ela se aproxima dos dois.

 

MARGARETH [Continuando] Perdemos bons guerreiros.

 

DOMINIC [Surpreso] O quê?

 

MARVEL – Vai deixa-lo morrer?

 

MARGARETH – E o que poderei fazer? São bruxas. Deixem que ele morra, assim terão um motivo para se vingar mais tarde.

 

Ambos se olham. Os vampiros fazem uma rápida reverência e se viram para sair, mas Margareth os impede.

 

DOMINIC – Deseja algo mais?

 

MARGARETH – Não necessariamente. Só quero que voltem para o porão e fiquem lá até eu os convocar.

 

MARVEL – O que acontecerá esta noite?

 

MARGARETH – Digamos que algo… Necessário. Vão!

 

Eles correm. A porta é fechada, ela puxa o telefone e disca alguns números.

 

MARGARETH [Telefone] Sou eu! Mandem-nos esta noite, precisamos acelerar o plano. As bruxas descobriram.

 

Margareth respira fundo e desliga o telefone. Ela olha fixamente para o relógio.

 

CORTA PARA:

 

CENA 09 – INT – RISING SUN – FLORESTA/ESCONDERIJO – QUASE NOITE

 

John está amarrado em uma cadeira. As pernas e mãos estão presas com cordas molhadas, o que faz a pele do vampiro queimar.

 

GINA – Está sentindo essa dor, não está?

 

Gina olha sorridente para o homem. Ava percebe a insanidade da amiga.

 

AVA – Já chega Gina! Você parece gostar de tortura-lo.

 

Ela afasta a garota.

 

DAVID – É. Depois de matar a Fanny você parece ter mudado. Primeiro vamos tentar descobrir para quem ele trabalha.

 

Gina os encara e se afasta ainda mais. David se aproxima de John.

 

DAVID – Então amigo… [Pausa] Para quem você serve?

 

JOHN [Sorrindo] Eu não vou falar.

 

GINA – Viram? Não se pode achar que uma praga como essa vá abrir a boca tão fácil. [Conjurando] “CLAMORE”.

 

Gina olha o vampiro e ele começa a gritar e a se debater. Os olhos dele começam a revirar nas órbitas, quando David entra à frente de Gina.

 

DAVID[Gritando] Chega! Você está passando dos limites.

 

GINA – Ok. Façam o que achar melhor.

 

John respira mais aliviado. Jack observa quieto, mas dá alguns passos em direção ao homem. E coloca a mão sobre o peito esquerdo dele.

 

JACK – Bom… A Gina não está tão errada assim. Por bem ele não fala, precisamos ser duros. Então irei perguntar para quem você trabalha e se não responder… [Pausa] Vai morrer.

 

John olha a mão dele em seu peito.

 

JOHN [Gargalhando] Vai arrancar o meu coração?

 

Jack fecha os olhos e John sente a dor inundar seu corpo. Ele treme.

 

JOHN – Tudo bem! Eu falo.

 

JACK – Ótimo! Estamos ouvindo.

 

JOHN – Quem nos mandou observar vocês foi a Ma…

 

John se cala rapidamente e começa a tremer. Seu balançar faz a cadeira quebrar e parece ser eletrocutado. David observa a energia sair da pulseira do vampiro.

 

DAVID [Apontando] Olhem para o braço dele.

 

AVA – O que é isso?

 

JACK – Ele está…

 

De repente o corpo do vampiro se incendeia. As chamas se espalham rapidamente, começando de onde a pulseira estivera até sua cabeça e pernas.

 

LINDSAY – Minha nossa! Isso não foi nada legal.

 

GINA – Jura? Eu curti a ideia.

 

Todos a encaram.

 

GINA – Não sou hipócrita, ok? Esse miserável trabalhava para alguém que obviamente quer algo conosco. Significa que é algo ruim, não acham?

 

JACK – Ela tem razão. Alguém nos quer e claramente não podemos saber quem.

 

DAVID – Só que… Esqueceram que ele estava com uma pulseira que o matou? Isso significa que alguém estava o ameaçando, pois ninguém iria colocar uma pulseira que o matasse sem um objetivo.

 

AVA – É verdade.

 

O corpo em chamas continua imóvel e totalmente desfigurado.

 

GINA – Podemos juntar as cinzas e falar com ele do além.

 

LINDSAY – Ficou doida? A única pessoa que fala com mortos é a Elena e sabemos que ela decidiu ir embora por causa dessas loucuras.

 

AVA – Acho que não temos alternativa. Vamos embora, pois a noite chegou e ainda vamos nos arrumar para a formatura.

 

Lindsay olha o relógio.

 

LINDSAY – Minha nossa! É verdade. Precisamos correr!

 

David aponta o corpo.

 

DAVID – E ele?

 

GINA – Deixa-o aí. Aqui já virou um cemitério mesmo.

 

Ela aponta o caixão com o corpo de Selena.

 

AVA – Voltamos depois da formatura e resolvemos o que fazer. Vamos!

 

Eles vão embora.

 

CORTA PARA:

 

CENA 10 – INT – RISING SUN – HIGH SCHOOL M – QUADRA – NOITE

 

O Lugar está repleto de mesas, cobertas com toalhas brancas e arranjos com flores sobre elas. Em frente ao palco está em fileiras cadeiras com os nomes de todos os formandos. Ashley, James, Molly e Chris estão sentados em uma das mesas.

 

ASHLEY – Está tudo muito bonito.

 

JAMES – É. Na nossa época foi tudo tão simples, mas legal.

 

MOLLY – Na nossa época era preto em branco. Hoje é colorido.

 

Todos começam a rir. Molly olha para Chris que está sério.

 

MOLLY – Tudo bem?

 

CHRIS – Depois do que passei? Nada está bem.

 

MOLLY – Eu sei que foi difícil. Mas tenta esquecer e seguir.

 

CHRIS – Diz isso porque não foi você. Sabe a dor que aquele desgraçado me causava? Era terrível viver preso dentro de mim sem ter o controle.

 

Molly segura à mão dele.

 

MOLLY – Estou com você agora e o Salazar se foi para sempre.

 

Chris aperta a mão dela e sorri.

 

ASHLEY – Os garotos já estão lá dentro?

 

JAMES – Acho que sim.

 

 CORTA PARA:

 

CENA 11 – EXT – RISING SUN – HIGH SCHOOL M – JARDIM – NOITE

 

Ava desce do carro. Ela está com um vestido cinza, com alguns detalhes na parte inferior. Um salto alto preto. Os cabelos presos em um penteado elegante, um coque com algumas mechas caídas na lateral. A maquiagem leve e o brilho no olhar. Lucas estaciona o veículo. Jack se aproxima da garota.

 

JACK – Você está linda.

 

AVA[Sem graça] Obrigada. Você também está muito… Bonito.

 

JACK – Sabe que eu quem deveria te levar naquele palco. Que eu é quem deveria dançar esta noite com você e que…

 

AVA[Cortando] Que você errou feio comigo. Que me fez ser uma traída. Que não pensou nas consequências em transar com a sua ex e que você é quem perdeu tudo isso que falou? Você quem fez tudo se tornar uma verdadeira confusão!

 

As luzes do lugar piscam e Ava olha as mãos.

 

JACK – Fica calma. Você tem poder demais dentro de si e pode matar todos aqui. Eu sei que errei e me desculpei, mas uma hora devemos seguir. Sabe que me arrependo disso. Eu me perdoei agora você precisa aceitar. Mas eu sei que vai perceber e voltaremos algum dia.

 

Ambos se olham. Lucas se aproxima e segura Ava pela cintura.

 

LUCAS – Tudo bem?

 

AVA – Sim. O Jack só veio nos desejar uma boa noite.

 

LUCAS – Muito gentil do seu amigo. Obrigado!

 

Jack respira fundo e força um sorriso. Ava e Lucas seguem seu caminho. Ele arruma seu terno. Halley se aproxima, ela usa um vestido azul marinho longo. Cabelos presos em um rabo de cavalo ondulado.

 

HALLEY – Estava te procurando! Já vai começar e seus amigos entraram.

 

JACK – Ok. Vamos lá!

 

Ele curva o braço e Halley o segura. E seguem em direção à entrada a quadra.

 

CORTA PARA:

 

CENA 12 – INT – RISING SUN – HIGH SCHOOL M – QUADRA – NOITE

 

Todos estão em seus lugares. Os formandos aguardam a hora de serem chamados e esperam em frente ao palco, todos sentados, vestidos com suas becas e chapéus. Margareth vai para o palco e as pessoas aplaudem.

 

MARGARETH – Boa Noite! Quero gradecer à presença de todos, pois essa é uma noite importante para os formandos. Hoje é o final do ciclo de sua adolescência e o passo para se tornar um adulto. Ter suas responsabilidades, trilhar e construir seus caminhos. Hoje é o inicio da transformação moral, ética e digna de um ser humano. Hoje vocês, formandos, estão iniciando uma nova jornada. A vida de vocês vão realmente iniciar agora. Hoje vocês se tornarão… Adultos!

 

Todos aplaudem. Os formandos assoviam e lançam seus chapéus para o alto. A diretora chama um por um e todos vão buscar seus diplomas.

 

MOLLY – Eles estão lindos.

 

ASHLEY – Estou tão feliz por presenciar esse momento da Ava. Nunca pensei que poderia estar aqui, mesmo sem ela me aceitar completamente.

 

JAMES – Um dia ela irá.

 

MOLLY – Comemore. Sua filha está se formando.

 

Eles levantam e aplaudem.

 

CORTA PARA:

 

CENA 13 – INT – RISING SUN – HIGH SCHOOL M – GINÁSIO – NOITE

 

Ava empurra a porta e entra. David, Gina, Jack e Lindsay estão a aguardando.

 

AVA – O que está acontecendo? A diretora disse que vocês me esperavam aqui. Deixei o Lucas na mesa com nossos pais.

 

DAVID – O quê? Ela nos falou o mesmo. Mas que você queria falar conosco.

 

JACK – O que é isso agora?

 

GINA – Aposto que isso é uma confusão tola. Vamos voltar à festa.

 

Ela segura seu vestido e anda até a porta e tenta abri-la, mas ela parece estar trancada.

 

AVA – O que houve?

 

GINA – Está trancada.

 

DAVID – O quê?

 

David empurra com força, mas a porta não abre.

 

DAVID – É verdade.

 

GINA – Vamos usar magia.

 

Gina ergue a mão em direção à porta.

 

MARGARETH [Gritando] Pare!

 

Eles olham para trás e a mulher está os encarando. Atrás dela estão alguns homens, uniformizados, com capacetes e segurando algumas armas.

 

GINA – Que porra é essa?

 

JACK – O que quer conosco? O que está acontecendo?

 

MARGARETH – Digamos que preciso de algumas Bruxas e Bruxos.

 

Os cinco se olham. Ava fecha as mãos e encara a mulher.

 

AVA – Sabe sobre nós?

 

MARGARETH – Essa foi a minha missão todo esse tempo. Na verdade, vim para esta cidade com o intuito de descobrir sobre vocês. Soubemos que Rising Sun era o foco de muitas bruxas e que a mais poderosa delas vivia aqui. A tão falada Ava Brooks.

 

Ava olha os amigos.

 

GINA – Certo, sua cretina falsa e fingida. O que fará conosco?

 

MARGARETH – Vamos dar um passeio. Farão uma viagem.

 

LINDSAY – Não mesmo. Não irei a lugar algum.

 

Margareth sorri e estala os dedos. Os homens com as armas começam a atirar. SLOW MOTION Ava olha para os amigos e depois para Margareth, ela aperta ainda mais as mãos, seus olhos acendem ficando com uma coloração dourada. Os disparos se aproximam, até que parecem paralisar no ar.

 

MARGARETH – O que está acontecendo?

 

Jack e os outros olham para Ava e ela faz os dardos tranquilizantes em sua frente caírem.

 

AVA – Você mexeu com o clã errado.

 

JACK – Ava! Não use seu poder supremo. Você pode nos matar!

 

GINA – É garota! Você não os controla ainda.

 

AVA – Não existe controle em mim. Não com todo esse mal vindo sempre atrás de nós.

 

O olhar dela escurece e ao girar as mãos, ela mata os atiradores de Margareth. A mulher olha os corpos atrás de si e depois encara os cinco.

 

MARGARETH – Eu desconfiei disso. Sabia que não seria fácil!

 

Margareth recua. Gina se aproxima da garota.

 

GINA – Vai deixar ela ir assim?

 

AVA – Ela é a mãe do Lucas. Ele não me perdoaria!

 

Jack e ela se olham.

 

LINDSAY – Acabou?

 

AVA – Não! Nunca acaba.

 

Margareth corre e sai pela porta de emergência. Os cinco se viram para saírem. Ava olha novamente para onde Margareth saíra e olha para os amigos, de repente, todo o ginásio é destruído em uma grande explosão.

 

FADE OUT.

 

 

  –FINAL DA TEMPORADA–

Criado e Escrito por:

MARCOS H.

 

Produzido por:

UNBROKEN PRODUCTIONS.

 

Unbroken Productions Original Séries.

2016 – Story Of Witches – Segunda Temporada – Todos os direitos Reservados.