Sejam bem vindos a 2ª edição do TopFront!. Hoje teremos uma bombástica entrevista com o autor Weslley Vitoritti, uma Rápidas & Rasteiras imperdível com a rainha Zih, uma review feita pelo nosso queridíssimo Batman, mais informações sobre os próximos lançamentos da emissora e muito mais! Bora conferir?

 

E

LUCAS: Boa noite muchachos, sejam bem vindos a mais uma edição do programa mais POP do mundo virtual. Hoje, tenho o prazer de trazer um dos ícones desse mundão quando se trata de roteiro, afinal, não é à toa a grande quantidade de prêmios que ele já ganhou! Seja bem-vindo, Weslley Vitoritti.

WESLLEY: Olá, Lucas! Boa noite a você e a todos os leitores! É um prazer estar aqui essa noite. Ah, obrigado por dizer um dos “ícones”, kkkk…. To trabalhando pra isso! Kkkk….

LUCAS: Apenas disse a verdade, afinal você esbanja talento. Se o TMV fosse premiação de música pop você com certeza seria a Adele com tanta estatueta kkk

WESLLEY: Gente, fico até sem palavras! Kkkk…. Só tenho a agradecer! Agradecer ao público, porque tudo é feito pra vocês e por vocês!

LUCAS: E faz com muito carinho e dedicação, posso afirmar isso, até porque estou de olho na sua nova trama, cheio de reviravoltas e um suspense de tirar o fôlego, será que teremos mais um sucesso de sua autoria no próximo ano?

WESLLEY: Tá de olho mesmo. To tomando o maior cuidado pra você não ver nada antes do tempo! Kkkk… Boa pergunta. Essa resposta a gente só vai ter quando a trama estiver no ar e com o retorno do público, mas eu, particularmente, to com grandes e excelentes expectativas! Prometo o melhor pra vocês e uma novela INCRÍVEL!

LUCAS: Inicialmente a trama seria produzida e exibida pela WebTV, do nosso amado Gabo Olsen, mas parece que o jogo virou e você resolveu respirar novos ares. Pode nos dizer o motivo dessa saída repentina?

WESLLEY: Sim, inicialmente, a trama seria exibida na Webtv, eu ainda estava na emissora, mas aí aconteceu aquela confusão do fake da Tena feat Everton que na verdade era o Henzel e eu tava no meio da polêmica, Bruno marcou uma entrevista comigo e outros autores para a gente falar do assunto, mas, de repente, ele cancelou e eu achei uma falta de respeito comigo e com os meus companheiros, antes disso eu já estava um pouquinho insatisfeito com algumas coisas. Depois disso, refleti e decidi sair da emissora. Chamei o Bruno, comuniquei, expliquei tudo, conversamos e me desliguei.

LUCAS: Então a polêmica que destruiu boa parte da reputação da Tena acabou se expandindo e dividindo opiniões no mundo virtual?

WESLLEY: Sim, essa polêmica rendeu e criou desafetos.

LUCAS: Mas essa não foi sua única saída esse ano, não é mesmo? Um passarinho me contou que você jogou tudo pelos ares na TVN após sair da WebTV. Mito ou Fato?

WESLLEY: Fato! Kkkkk…. Meu “fi” tá bem informado hein? Kkkk… Após eu sair da Webtv, fui pra TVN, João, Vitor e Ramon me receberam com o maior carinho e dedicação, mas eu preferi sair da emissora ao perceber que não tava tão à vontade pra apresentar minha trama ali. Mas que fique claro que o problema, nesse caso, foi comigo mesmo. #Bipolar
Kkkkkkk

LUCAS: Um bom jornalista sempre está por dentro de tudo, não é mesmo? Faz parte do ofício não esquecer de nada kkkk

WESLLEY: É sim! Falou apenas verdade! kkkk

LUCAS: Também fiquei sabendo que o senhor é um dos responsáveis pelo atraso do TIBDZ, através de pesquisas pude me informar que o senhor vetou seus votos na última premiação, causando um verdadeiro alvoroço entre os envolvidos, principalmente com o Gabo. Essa notícia tem um fundo de verdade? O que você achou do seu posicionamento diante de várias pessoas? Alguns acharam uma grande falta de respeito!

WESLLEY: Poderia ser falta de respeito se eu tivesse cancelado em cima de uma data pré-estabelecida, o que não foi o caso. Quando decidi cancelar meus votos, não tinha nem previsão pra ir ao ar, tanto que a premiação surpreendeu a todos e, por isso, nem deu pra retirar meus votos. Então, no final, das contas, eu não fui responsável por nenhum atraso e nem prejudiquei ninguém. Meus votos foram apresentados e lidos! Achei falta de respeito da parte do Bruno porque ele cancelou há poucos dias da gravação, sendo que já tinha marcado dia e horário pra gravarmos e não ter dado nenhuma explicação. Poderia ter cancelado, mas deveria ter explicado não só pra mim os motivos, mas para os outros que seriam entrevistados

LUCAS: Mas ao que tudo indica vocês conseguiram resolver esses acontecimentos importunos e seguir em frente, e falando de TIBDZ nos conte qual é a sensação de ser tão premiado no MV?

WESLLEY: Sim, conseguimos resolver. Pelo menos da minha parte tá tudo ok. Nenhum ressentimento ou mágoa. Antigamente nos falávamos bastante, tínhamos até um projeto juntos, que a gente tava desenvolvendo e que ele deverá desenvolver ano que vem (creio). Depois que saí da emissora dele a gente se afastou. É uma sensação muito gratificante, Lucas. É o reconhecimento do meu trabalho, quer dizer que eu consegui agradar e conquistar o público, como também a crítica. É uma realização. Nunca quis ser reconhecido por ser isso ou aquilo, mas, sim pelo meu trabalho e acho que consegui.

Adele

LUCAS: Ano que vem você volta aos holofotes com sua nova novela que agora será produzida e exibida pela UP, afinal você acaba de se integrar no time de autores da emissora, um time que está sendo divulgado aos poucos, mas eis a pergunta, porquê a UP? O que a torna diferente da TVN e da WebTV?

WESLLEY: Simmmm!!! Ano que vem volto com tudo, gente. Me aguardem! Kkk… Tá sendo uma delícia fazer parte da equipe da UP. Aqui estou me sentindo valorizado, bem tratado, percebendo que aqui somos parceiros acima de tudo. Tive isso por onde passei, graças a Deus. A Webtv é ótima, Bruno sabe administrar, apesar de centralizar e após ele ter explicado os motivos para isso, o compreendo, mas acho que a arte visual da Webtv tá meio engessada, apesar de ter tido algumas modificações ultimamente. Na TVN falta organização por um lado, mas não tenho como crítica porque não tive nenhum trabalho exibido lá e também fui muito bem recebido. Já a UP tem o melhor trabalho de arte da web. E o que falta em uma emissora tem em outra, fica a critério de cada um decidir a que ele melhor se identificar. Na UP, quero que tenhamos uma parceria e que seja próspera.

LUCAS: E será, fico feliz pelo seu voto de confiança, a UP sempre tenta valorizar seus talentos e fazer o que for necessário para proteger a todos como uma grande família. Agora sobre sua nova novela, pode nos falar um pouco sobre ela? Sobre a história central? Ou irá deixar tudo para a Comic Con 2017?

WESLLEY:  Por enquanto, vamos deixar em off. A trama ainda vai demorar um pouquinho pra estrear, mas vem uma trama forte, cheias de viradas e mistérios! Personagens e dramas instigantes. Até a Comic Con a gente revela uma coisa ou outra. Pra não dizer que eu não falei nada, irei revelar os atores que farão os protagonistas centrais: Caco Ciocler e Marjorie Estiano.

LUCAS: Algumas pessoas no MV não sabem aceitar críticas negativas ou construtivas, há algum tempo tivemos a querida Débora Costa mostrando todo o seu repúdio contra a crítica feita no BDZ, a escritora deixou de maneira oculta que só aceita críticas positivas, pois de acordo com um grupo administrado pela equipe da RP, eles arrasam e não merecem menos que o trono, mas há controvérsias, afinal o MV não é famoso por mentir ou dar corda pra iludidos. Qual é a sua opinião sobre essas desavenças a partir de críticas, e como você iria se posicionar ao receber uma crítica negativa?

WESLLEY: Quem não sabe receber críticas nem deveria se atrever a escrever ou que for, porque é uma pessoa imatura, crua. Críticas são feitas para ajudar a gente a melhorar, não todas, afinal, sempre tem aquelas que têm apenas o intuito de denegrir e nada a acrescentar. Um famoso caso foi o que aconteceu com o meu amigo e Xará Wesley Alcântara, a trama dele foi críticada, mas não ressaltaram nenhum ponto positivo, sendo que ela tinha, e isso passou uma impressão torpe, aí a crítica não é legal e todo mundo tem e deve se rebelar se for injustiçado. Mas se um autor é péssimo, comete erros que até ele mesmo sabe, ele vai criticar e não reconhece seus erros, ele não é digno nem de ter suas opiniões levadas a sério. Quem tá na chuva é pra se molhar. Receber críticas todo mundo vai receber, boas ou ruins. Elas são instrumentos para o nosso aperfeiçoamento, pelo menos a grande maioria. Quem disse que eu nunca recebi críticas? Com os primeiros capítulos de Marcas eu tive elogios, mas também críticas, e aí eu ouvi, escutei todas e fui correr atrás e corrigi-los. Sempre quando eu recebo uma crítica, eu a leio, releio e se tiver erros, irei concordar e trabalhar para corrigir, mas se não tiver irei conversar com o crítico e saber quais são os embasamentos dele pra tal opinião e explicar os meus.

LUCAS: Já estamos terminando a entrevista, mas antes alguns de seus colegas do MV querem lhe fazer uma pergunta, preparado?

WESLLEY: Sempre! Quem será que irá me questionar? #medo! Kkkk

JOÃO CARVALHO: Vitoritti, você, assim como eu, adora a Maria Adelaide Amaral. Você se inspira nela na sua forma de escrita?

WESLLEY: Oi, João. Bom, como você mesmo sabe, eu sou mega fã da Adelaide, minha autora preferida, mas eu não me inspiro nela pra desenvolver minhas tramas. Em nenhum autor na verdade. Acho que tenho o meu estilo próprio, mas é claro que ela é uma referência, assim como João Emanuel Carneiro e tantos outros.

RAFAEL OLIVEIRA: Qual o personagem que você menos gostou de escrever na premiada Marcas da Vida?

WESLLEY: Olá, Rafael! Olha, pode até parecer mentira, mas eu adorei escrever cada personagem de Marcas, até os mais repulsivos, como Tárdio e Dalva. Foi um projeto tão feliz e gratificante… É meu xodó! Kkkk

CRISTINA: Você sempre nos proporciona ótimas novelas, mas você já pensou em escrever uma série ou filme? Sair um pouco da sua zona de conforto?

WESLLEY: Oi, Cris! Meu ramo, por enquanto, é as novelas, mas eu já pensei sim em escrever séries e filmes, inclusive tenho alguns projetos já pensados, quase em curso. Apesar de continuar nas novelas, eu sempre busco sair da minha zona de conforto com as minhas tramas. Procuro diferenciar os estilos, as propostas…. Mas escrever em outro formato é muito desafiador, afinal é um formato diferente do meu habitual.

LUCAS: A entrevista vai ficando por aqui, agradeço de coração a sua participação no programa e seja bem vindo à UP, espero que essa nova novela seja apenas a primeira de muitas que estão por vir na nossa emissora.

WESLLEY: Ahhhhh, que pena, Lucas! Tava adorando a nossa entrevista! Foi um prazer e uma honra! Sim, também espero que a minha primeira novela na UP seja a primeira de muitas parcerias entre nós que virão. Que seja uma parceria vitoriosa e duradoura! Obrigado, eu que agradeço toda sua dedicação e carinho. Até o nosso próximo encontro, quem sabe pra dar mais detalhes do que está por vir, não é mesmo? Kkkk….

LUCAS: Com certeza kkkk… Fiquem agora com o Rápidas & Rasteiras de Cristina Ravela.

RR

Oi, gente, tudo de mal a pior com vocês nesse MV? Que bom…

rindo

Parece que a semana foi agitada, hen. O cardápio principal é picadinho de WebMundi ao molho de MEGApro. Pra acompanhar,  doses de 51, uma boa ideia. Bora?

Anos 80 retorna – A TVN tem investido tão pesado, gente…Desde que o João Carvalho deixou a presidência adentrou as dependências da MEGApro e assinou um contrato sem ler, a emissora vem ganhando status. Mas rumores apontam que o culpado dessa estrela brilhar após anos é do Vítor Abou, verdade. Mas enfim, a TVN vai apostar em novelas que remetem ao estilo das grandes novelas dos anos 80, com vilãs imbatíveis, amores indestrutíveis, heróis, sagas e por aí vai.

UP e seu Inimigo Íntimo – Hmm, adoro! Mas não, a UP, aparentemente, não tem inimigos. Nem íntimos. Na verdade, ela tem a novela de Rynaldo Nascimento, Inimigo Íntimo, já noticiada no Blog da Zih e no grupo no feicebuki. A trama abordará a vida ilegal de uma transexual que resolve viver da prostituição, a relação íntima entre tio e sobrinha, prostituição de adolescentes e o tráfico de drogas. A última novela do autor foi Filhos da Bahia, na TVN.

Afaste esse plágio de mim, pai . parte 1 – A Rede Purple tem o nome mais impopular da face do MV, isso todos estão idoooooooooooosos de saber (Pedrito Gaze, aquele abraço!), mas após a novela A Usufruidora, do presidente Bru Spanic, ser anunciada no BDZ, a pessoa por trás do WebMundi disse que o nome da trama era de difícil compreensão. Em sua defesa, Bru Spanic soltou a linda pérola, quase um “inovar”:

Discurso semelhante foi usado por Tena Andrade ano passado, né amora? Vamos melhorar isso, trazer um discurso de fácil entendimento e de maior profundidade. Melhor! Sem plagiar a coleguita…

Afaste esse plágio de mim, pai . parte 2 – Menino…Rolou briga e ameaças no grupo em cima da WebMundi. É que a emissora resolveu criar um monte de sites, juntar tudo e jogar no ventilador. De lá, saiu tanta coisa, bicho…Um deles foi um programa que satiriza obras do MV. Até aí, tudo na paz, o problema é que a MEGApro alegou já ter tido essa ideia há tempos. Além disso, eles acreditam que a WebMundi já sabia de tudo porque Vinícius Henzel estava por dentro das novidades do canal XD, da MEGApro. Enquanto Pedro Gaze ameaçava WebMundi de forma nada sutil, Dominus Santiago era o ponderado da turma.  Meteu o dedo na cara da MEGApro duas vezes ao afirmar que “ideias” não se registram, e que é diferente plagiar uma ideia de uma obra literária ou roteirizada.  Também pudera, até hoje, só a 51 ganhou registro. Uma boa ideia assim, né?
Lucas Luciano, presidente do canal, elogiou sua postura imparcial.  Que bom! Pensei que iam achar que Dominus estava defendendo a WebMundi porque é o Henzel…

Realeza no MV? – Há alguns dias, a UP nossa de cada dia publicou um banner divo no facebook para atrair novos autores pra casa. Até aí tudo bem, a gente tem que vender o nosso peixe mesmo, só que um detalhe chamou atenção. Ou será que apenas eu percebi? Vejam:

16684331_1337189983009499_1674140366693851126_n

Depois ainda tem gente que diz que eu me acho a Rainha do MV…

Caetano se mostrando lindamente

 

O árabe que habla portuguese – Podia ser só mais uma fantasia de carnaval, mas não. A XD contratou um sujeito que se veste como árabe, faz alah, mas fala português não muito fluentemente, verdade. É o Raviv Abdallah, o cara que quer explodir o MV com bombas caseiras, do tipo que pode irritar muita gente. O sujeito falou meia dúzias de palavras, filosofou, mas ninguém entendeu nada, sério. To achando que ele caprichou na caracterização, nem sei. O programa se chamará Made in Árabe e não duvide disso.

Novela tem seu Destino mudado – Luíiz Sherazade resolveu mudar radicalmente. Após perder alguns arquivos da sua novela Destino (ele perdeu mesmo? É certo isso, produção?), o autor resolveu que vai relançá-la como série em versão americana. Antes tínhamos Paola Oliveira, agora teremos Yvonne Strahovsky num dos papeis principais. O último trabalho da atriz foi na série Friendzone, de Walter Hugo. Veja a abertura:

Pátria Amada – Depois do literário Eterno Canto, de Charlote Marx, abordar política, agora será a vez de Pátria Amada, Brasil, de Edi Santos. Sob o teaser “O povo teve que escolher entre acatar ou se rebelar. Quem estava certo? Quem estava errado? Essa é uma história de dois lados”, a trama abordará os tempos da ditadura e está marcada para estrear dia 13. Mais informações em breve.

Urban Legend 2 – Um dia desses, a UP publicou uma promocional da 2ª temporada de Urban Legend, de JP, sob o slogan “O mal anda conosco…Para todo sempre”. Confira:

16939284_1350011778393986_6800184939954139450_n

A nova temporada promete abordar uma história real sobre a Mansão Winchester, conhecida por supostamente abrigar fantasmas. Na história real, a viúva descobre que os espíritos que a atormentam foram mortos pela família do marido e que ela precisava construir quartos para abrigar espíritos de luz, uma forma de afastar os trevosos. Consta que ela passou 38 anos construindo quartos, labirintos, escadas que davam para o teto, uma loucura, bicho. Hoje, a mansão é atração turística. E agora série, originalmente produzida pela UP.

Novela das 18h – Março será o mês das estreias, como se o ano fosse, de fato, começar. A TVN vai estrear a novela Estrela Cadente, de Lucas Oliveira, a partir do próximo dia 6. O folhetim conta a história de Fabiana (Cíntia Rosa), uma mulher simples e com relacionamento estável com Jader (Marcelo Saback), até cair nas graças do mulherengo Greg (Tony Garrido). As chamadas ganharam uma versão 3D, um lusho, reparem:

16640773_1895380260683907_70067653307446300_n

Repararam?

gargalhando

 

Ele está voltando – Dá até medo, né? Mas é o anúncio da WebTV, outra que promete voltar com tudo em março. Nova lay, novos autores, novos programas. Mas ninguém sabe quem está voltando.
Um autor das antigas?
O meu lado macho? (se bem que ele nunca se fez presente, acho),
a cara de pau de alguém?
Cunha?
Cunha esteve na WebTV?
WebTV tá metida com corrupção?

Ai, que cool ter que esperar, né crianços? Sorte a minha que sou vice e eu sei de tudo…

Tchau, pipow! A gente se vê por aí.

CR

Review de Filhos da Bahia | Exemplo de uma boa trama.

Por Batman.

Convidado para vir à Unbroken Productions escrever minha última review do ano, escolhi a novela “Filhos da Bahia”, da emissora TV Novelas e escrita por Rynaldo Nascimento e Ramon Fernandes.

A história, que tem primeiro capítulo ambientado em Salvador, Bahia, na década de 90, traz intensos e variados núcleos, que compõem uma história densa e extremamente realista.

Ao procurar saber mais sobre Rynaldo, descobri que o dono do texto de “Filhos da Bahia” é formado em Geografia, o que me justifica, vastamente, a utilização de elementos sociais, fundamentados numa crítica ferrenha às mazelas sociais de um Brasil que tem consequências, hoje, do que fora plantado há muito tempo.

Em uma escrita sincera, crítica, muito bem contextualizada e extremamente inovadora, Rynaldo foge da ambientação comum à maioria das novelas – fluxo sudeste – e apresenta-nos a Bahia como pano de fundo para as aventuras de jovens, que ostentam uma vida regada de “aventuras”: furtar turistas no coração de Salvador; para os investimentos sórdidos de um homem rico numa carvoaria clandestina; para a sofrência e a labuta nas feiras livres; para a luta diária de motoristas e cobradores de uma empresa de ônibus; para os que vivem na carvoaria; para uma menina sem mãe, abusada pelo pai; para uma rainha do axé. Em suma, todos esses personagens constroem o palco dramático de “Filhos da Bahia”.

Gostaria de destacar, primeiramente, o quanto Rynaldo Nascimento é um excelente autor. Ele não só constrói a história de “Filhos da Bahia” de forma ágil e precisa, como, em ação extremamente coesa e coerente, dá aos seus personagens características únicas de quem vive na Bahia. As falas, as atitudes, as manias, os jeitos… Fui transportado para a Bahia em suas 24 páginas de texto.

Certamente, percebemos alguns errinhos – alguns, básicos – de roteiro, mas nada que tenha apagado todo esse brilho da novela. Confira dois.

  • “(…) e revelando à fumaça e às cinzas sobre o ar de uma carvoaria clandestina.” Observe as crases, incorretas, e a repetição de um termo presente no cabeçalho: “carvoaria clandestina”.
  • “O grupo de meninos de rua de Sávio, (…)”.

Roteiro é aquilo que você vê na tela de sua TV, diria nossa amada Cristina Ravela. Após o trecho destacado, Rynaldo apresenta-nos o tal grupo. Entretanto, faz de forma errada, já que a liderança do grupo – Sávio – deveria ser apresentada a nós através dos diálogos ou ações do próprio texto.

Quanto aos demais erros, senti falta de algumas vírgulas em alguns períodos e flagrei a seguinte expressão: “tenta se sair”.

26190143322650

Concluindo, “Filhos da Bahia” é a melhor novela do mundo virtual após “Berço de Lobos”.

meme-18480-gata-vc-nao-merece-palmas-merece-tocantins-inteiro

L

Acharam que a UP não iria lacrar esse semestre? kkk… Confira algumas produções que estão chegando!

Inimigo Íntimo Logo

Autor: Rynaldo Nascimento

Estréia: Março.

Formato: Novela – Roteiro

Sinopse:

GILBERTO (Fernando Pavão), um dos homens mais ricos da região Itabuna/Ilhéus, dono de uma empresa de turismo, a COSTA DO CACAU, casou-se muito jovem com a professora universitária e médica pediatra, REGINA (Déborah Evelyn), e com ela teve duas filhas lindas. HERCÍLIA (Ísis Valverde) sempre demonstrou que teria um futuro promissor. Sonhando em seguir os passos da mãe, mudou-se para o Rio de Janeiro onde termina o curso de medicina. Já HELENA (Sophia Abrahão) não teve a mesma sorte. De temperamento oposto, Helena sempre se envolveu em confusões na cidade onde vive. Aos vinte anos foi presa e hoje, aos vinte e sete anos, vive com seu marido, o perigoso JUNIOR (Felipe Tito).

Após a filha preferir viver o amor bandido, Gilberto fechou as portas de sua vida e sua casa para a mesma. Gilberto era filho de um dos fazendeiros mais poderosos da região, que deixou de herança para ele e para ADÉLIA (Cláudia Raia), sua irmã mais velha, uma fazenda de muitos hectares na rodovia que liga as duas cidades. Fazenda essa que não sobrevive mais do cacau, por conta da vassoura de bruxa, mas do turismo rural. Adélia cuida da fazenda com muita dedicação e carinho, ao lado do marido, o machista JOSÉ PEDRO (Jarbas Homem de Melo), um homem asqueroso e que faz questão de expor seus pensamentos machistas por onde passa. Adélia vive uma vida anulada, para o marido e para o filho, que segue a mesma linha do pai, o irresponsável EDUARDO (Caio Castro).

Os irmãos Gilberto e Adélia evitam falar de um terceiro membro da família Rodrigues – não pela vontade dela – jogando pra debaixo do tapete a existência de MANUEL DA COSTA, conhecido popularmente como TOURO (Kadu Moliterno), o irmão bastardo de Gilberto. Touro é dono de um grande frigorífico em um bairro popular do outro lado da cidade: o São Caetano. Casado com AMELINHA (Elisangela), esposa fiel e trabalhadora, é pai de dois deuses gregos: THOR (Felipe D’Carolis) e ZEUS (Emiliano D’Ávila), e pai de MURIEL (Miguel Roncanto), o filho predileto de Amelinha. Touro nunca reclamou seus direitos na fazenda COSTA DO CACAU, nem quer aproximação com a parte rica da família, para o desgosto de Muriel, que sempre sonhou em circular pela alta sociedade. Esse filho nunca foi bem visto por Seu Touro, até porque qualquer pai conhece a personalidade de seu filho.

Por medo da tradicional família cacaueira, repleta de machismo e outros preconceitos, Gilberto abafou seus desejos sexuais por muito tempo, até se envolver com ERON ROSA (Eduardo Moscovis), um jornalista famoso da cidade de Ilhéus, dono do site de notícias e entretenimento da região. Eron e Gilberto vivem em segredo esse romance de anos, mesmo Eron sendo amigo da família. Só que essa ralação paralela será abalada quando Gilberto conhecer VICTOR (Cauã Reymond), jovem, atraente e bonito, na viagem que ele e sua esposa fazem nas férias para visitar Hercília no Rio de Janeiro.
Victor vive no Complexo do Alemão. Ambicioso e determinado, nunca conseguiu um emprego na vida, então partiu para a prostituição para ajudar sua mãe FÁTIMA (Dira Paes), mulher amargurada e sem nenhum carinho pelo filho. Ele conhecerá Gilberto numa saída qualquer e impressionará o ricaço por sua maneira carinhosa e sua história de vida. Gilberto ficará cada vez mais envolvido com Victor, chegando a evitar Eron. Eron descobrirá todo o envolvimento de Gilberto e o ameaçará. Desesperado, Gilberto provocará a morte de seu amante com a ajuda de Victor.

A viagem de férias, que termina em tragédia, abala e muito Regina. Hercília não terá tempo para apresentar o homem por quem ela está perdidamente apaixonada e pretende se casar. Seus pais embarcarão sem conhecer o futuro genro. Meses depois… Hercília terminará sua graduação, terá uma festa de formatura na COSTA CACAU de abalar a região e é lá que ela apresentará seu futuro marido aos pais… Nada mais que Victor para a surpresa e desespero de Gilberto.

15129091_710240685809474_7003638678519470963_o

Autor: JP Tusset (Maureen Prescot)

Estréia: Março.

Formato: Roteiro – Roteiro

Sinopse:

O canal de TV Unbroken Productions decide lançar um reality show de terror “Seven Days In Hell”. Para isso, confina seis anônimos dentro da infame mansão Winchester. Cuja lenda afirma ser mal assombrada.

Logo que o programa começa os participantes passam a presenciar atividades nada normais. A produção não entra mais em contato, deixando a situação ainda mais bizarra. Não demora muito até que eles comecem a ser assassinados um à um de forma misteriosa.

Banner Oficial

Autor: Lucas Posey

Estréia: Março.

Formato: Série – Roteiro

Sinopse: 

RICOS, MIMADOS E TOTALMENTE INCONTROLÁVEIS!

Bem-vindos ao mundo do prazer, poder e pecado, onde cinco jovens cobiçados e populares esbanjam sensualidade e perfeccionismo em tudo que faz, criando uma teia de alianças e adorações que alimentam seu ego e popularidade, porém, tudo isso está perto de acabar, quando acontecimentos imperdoáveis começam a aparecer, gerando intrigas, destruições e cadáveres.

Novidades 2

Que a UP vem preparando novidades, isso todos já sabem, mas foram poucas as informações divulgadas e confirmadas pela emissora nestes últimos meses.

Há poucas semanas, a UP começou a usar uma nova hashtag dando início a grandes mudanças internamente. Antes a emissora se prontificava como #UPNovaEra, porém, agora, todos vão começar a perceber a nova chamada da emissora, usando #UPDomination para divulgar que logo iremos bater de frente com algo próximo a uma dominação. Mas o que isso significa? Lucas Posey soltou o verbo em uma coletiva de imprensa ao ser questionado.

“A cada dia a UP fica mais forte e vejo que estamos conquistando mais espaço e percorrendo novos caminhos no MV. Tanto eu, quanto toda a minha equipe, estamos animados em apresentar a vocês o que temos de melhor a oferecer e isso vai muito além das nossas imbatíveis produções!”

Neste mês a UP fechou uma parceria com a rede MegaPro, comandada por Lucas Luciano, além de já ter parceria  firmada há meses com produtora Moonlight Pictures do aclamado e premiado autor Douglas Souza (The Witcher).

16836201_1301355143236714_1461835922893703156_o

Sua equipe até o momento é composta por Jonathan Hiago, Rynaldo Nascimento, JP Tusset, Rafael Oliveira, Weslley Vitoritti, Wesley Alcântara, Felipe Porto, Cristina Ravela, Douglas Souza e o mais novo contratado Clayton Correia.

as40w1

Mas não vai achando que as mudanças ficaram por aqui, viu! Ouvi boatos de que além das novas produções, teremos novo layout, nova logo, novo programa, novos recursos, nova parceria, novos autores (que estão sob sigilo até o momento…rsrsrsrs), nova administração, novo evento anual e muito mais novidades. Ansiosos?

meme-8034-eu-pareco-ansioso-olha-bem-pra-mim!!!

Não percam a próxima edição do programa, estamos preparando algo que vai arrepiar até o cabelo do c*… XOXO

modelo quadros11

EDITOR-CHEFE:

Lucas Posey

CO-EDITOR:

Cristina Ravela

PARTICIPAÇÃO:

Weslley Vitoritti

Batman

CRIAÇÃO GRÁFICA:

Lucas Posey

CONTATO:

unbroken.productions@outlook.com

Logo

© 2017, Unbroken Productions.

Todos os direitos reservados.